Clarissa Garotinho não deverá votar na sessão do impeachment

A poucas semanas do parto, deputada não viajou para Brasília

Por O Dia

Rio - A deputada Clarissa Garotinho (PR-RJ) é dúvida para domingo.

Grávida de oito meses, ela está no Rio e, segundo seu gabinete, ainda não conseguiu um médico para acompanhá-la numa viagem para Brasília.

Ela, que havia declarado voto favorável ao impeachment, não compareceu a nenhuma das sessões da Câmara realizadas nesta semana.

A ausência da deputada favorece o governo, já que dificulta a necessidade da oposição de conseguir 342 votos a favor do processo contra Dilma Rousseff.

Seu pai, o ex-governador Anthony Garotinho, vinha atuando nas últimas semanas para preservar o mandato da presidente.

Últimas de Rio De Janeiro