Por karilayn.areias

Rio - Vice-prefeito do Rio, o petista Adilson Pires decidiu deixar o comando da Secretaria de Desenvolvimento Social.

Diz que o gesto é consequência da decisão do partido de romper com o governo Eduardo Paes - o PT não aceitou o voto de Pedro Paulo Teixeira, pré-candidato do PMDB à prefeitura, pelo impeachment de Dilma Rousseff.

Mas Pires não renunciará ao cargo de vice-prefeito, alega que foi eleito juntamente com Paes.

Segundo ele, três de seus subsecretários são filiados ao PT e também deixarão seus cargos.

Você pode gostar