Dívida provoca redução de jornalistas nas assessorias do Estado

Governo do Rio deve R$ 20 milhões a FSB

Por O Dia

Rio - A crise no governo do estado provoca outra baixa entre seus fornecedores. A FSB reduzirá em cerca de 40% os pouco mais de 60 jornalistas que trabalham em assessorias de imprensa de diversas secretarias. Este ano, a agência não recebeu nenhum centavo do governo — a dívida acumulada chega a R$ 20 milhões.

Em 2015, a irregularidade nos pagamentos fez a FSB retirar 15 profissionais do governo estadual. Alguns dos jornalistas que serão afastados serão remanejados para outros clientes, mas a maioria será demitida. 

Valor
A licitação vencida pela FSB previa pagamento de R$ 22 milhões por ano.

Estratégia de Cunha 1
Para preservar o mandato de Eduardo Cunha, um de seus aliados no Conselho de Ética fará emenda para substituir, por uma punição mais branda, a cassação do mandato que será recomendada pelo relator Marcos Rogério.

Estratégia de Cunha 2
Controlada por Cunha, a comissão aprovará a emenda. No plenário da Câmara, os deputados terão duas opções: absolver o réu ou votar pela punição branda, uma advertência.

Sem pressão
Alguns deputados do PSDB insistem na cassação de Cunha, mas muita gente no partido faz corpo mole. Em novembro, tucanos chegaram a abandonar o plenário para protestar contra uma manobra do presidente da Câmara.

Divórcio
Quem conhece Brasília aposta que a aliança entre PSDB e PMDB num eventual governo Temer tem data para acabar. Quando a eleição de 2018 aparecer no horizonte, cada partido vai cuidar de si.

Ilegal
Um site governista ironizava ontem o acordo do PSDB com Michel Temer. Os tucanos, afinal, recorreram ao TSE para anular a eleição da chapa que levou o peemedebista para o cargo de vice-presidente. Ou seja: o PSDB sustenta que a vitória do agora aliado foi ilegal. 

Decepção
Até senadores favoráveis ao impeachment, como Cristovam Buarque (PPS-DF) e Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), ficaram decepcionados com a performance, ontem, da advogada Janaína Paschoal, que também assina o pedido de impedimento de Dilma.

Últimas de Rio De Janeiro