Um suspeito é morto e dois são presos pela PM na Avenida Brasil

Segundo policiais que registraram a ocorrência, houve perseguição aos suspeitos fortemente armados dentro da Fiocruz

Por O Dia

Rio - Uma noite de pânico na Avenida Brasil neste sábado. Criminosos fortemente armados atiraram contra viaturas de policias militares ao longo da via, após uma tentativa frustrada de invasão a uma comunidade na Zona Norte do Rio na noite deste sábado. Três homens fortemente armados entraram em confronto com policiais do Batalhão de Policiamento de Vias Expressas (BPVE). Os suspeitos, em um Meriva, tentaram fugir de uma blitz e atiraram contra os policiais na altura de Manguinhos. Houve confronto e um dos suspeitos morreu ainda no local. Os outros dois, segundo policiais que registraram a ocorrência, correram para o pátio da Fiocruz, onde foram capturados. 

Com suspeitos foram apreendidos fuzis%2C pistolas e granadaDivulgação

Os policiais já haviam recebido a informação que um táxi Meriva havia sido roubado e montaram a blitz para localizar o veículo. Após o cerco, os policiais conseguiram interceptar o carro em frente a Fiocruz, onde houve a troca de tiros. Após a prisão dentro do instituto de pesquisas, com os suspeitos foram apreendidos dois fuzis, duas pistolas, uma granada, vários carregadores e munição de vários calibres.

Ao ouvir os homens presos, os PMs descobriram que o trio deixou a favela da Brasília, em Niterói, para participar de uma tentativa de invasão da favela do Chaves, em Barros Filho, na Zona Norte do Rio. Em retaliação, outros três veículos com criminosos que participariam da incursão frustrada atiraram contra viaturas da PM ao longo da Avenida Brasil.   


A ocorrência é registrada na Cidade da Polícia


Últimas de Rio De Janeiro