Papa diz que pode estar ocorrendo 'golpe branco' na América do Sul

Francisco está preocupado com "conflitos sociais, econômicos e políticos" na Venezuela, Brasil, Bolívia e Argentina

Por O Dia

Rio - Em reunião no último dia 19, com os bispos da direção do Celam, Conselho Episcopal Latino-Americano, o Papa Francisco disse que pode estar ocorrendo “um golpe de estado branco” em alguns países da América do Sul.

Segundo relato publicado pelo Celam, Francisco manifestou preocupação com os “conflitos sociais, econômicos e políticos” na Venezuela, Brasil, Bolívia e Argentina.” O papa citou também a pobreza no Haiti e a ausência de discussões, na eleição norte-americana, sobre a situação social “dos mais pobres e excluídos”.

Os líderes

Marcelo Crivella (PRB), com 23,1% de intenções de voto, é o líder de pesquisa do IBPS sobre a sucessão municipal. Marcelo Freixo (Psol), com 12,3%; e Romário (PSB), com 11,6%, vêm depois. O ex-craque não definiu se será candidato.

Outros na disputa
Num cenário que prevê nove concorrentes, Pedro Paulo (PMDB) teria 6,3%; Flavio Bolsonaro (PSC), 6%; Jandira Feghali (PCdoB), 5,6%; Alessandro Molon (Rede), 3,2%; Indio da Costa (PSD), 2,5%; e Carlos Osorio (PSDB), 2,1%.

Outro cenário
Sem Romário e Jandira, a pesquisa aponta que Crivella, com 26,6%, continuaria na frente. Depois, viriam Freixo (13,6%), Bolsonaro (7,3%), Pedro Paulo (6,6%), Molon e Indio (3,8% cada) e Osorio (2,3%).

Rejeitados
Os mais rejeitados são Bolsonaro (22,5% não votariam nele), Pedro Paulo (15,4%), Crivella (13,6%) e Jandira (12,6%).

Registro
A pesquisa, que tem margem de erro de 2,95%, ouviu 1.101 eleitores entre os dias 11 e 13 de abril e recebeu do TSE o registro RJ-05099/2016.

Vozes dos morros
A Agência de Notícias das Favelas e a Faculdade Hélio Alonso criaram curso para formação de agentes comunitários de comunicação. A primeira turma terá 20 alunos moradores de favelas.

Últimas de Rio De Janeiro