Eventos testam o Rio para a Jornada Mundial da Juventude

Dom Orani celebrará missas em Manguinhos e no Cristo, que ficará aberto até de noite

Por O Dia

Rio - O Rio de Janeiro promoverá este mês uma série de eventos-testes na expectativa de receber a Jornada Mundial da Juventude, em julho. No feriado de Corpus Christi, dia 30 de maio, o Cristo Redentor, que recebe visitantes diariamente das 8h às 19h, estará de braços abertos ao público até 23h como experiência para o funcionamento de 24 horas por dia na JMJ. Às 20h do mesmo dia, o arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, rezará missa aos pés da estátua. Outro culto preparatório será conduzido por Dom Orani, às 8h30 do próximo sábado, numa capela da comunidade de Varginha, em Manguinhos, que será visitada pelo Papa Francisco.

Ingressos especiais para o acesso ao Cristo durante a Jornada Mundial da Juventude começam a ser vendidos na próxima quarta-feiraCarlo Wrede / Agência O Dia

A celebração no Cristo servirá para avaliar as condições do local à noite, especialmente quanto a iluminação e segurança. Os fiéis que pretendem participar das atividades realizadas no local durante a JMJ devem ficar atentos: a venda dos bilhetes pela internet deve começar na próxima quarta-feira. Segundo a empresa Trem do Corcovado, até o dia 30, os inscritos na jornada terão prioridade na compra.

“A venda antecipada ajudará a controlar o funcionamento 24 horas do Cristo Redentor. Do dia 23 a 28 de julho, o monumento terá bênção em diversos idiomas e muitas atividades”, disse Padre Omar, reitor do santuário do Cristo.

O valor dos bilhetes deve ser mantido (R$46 para adulto e R$ 23 para crianças de 6 a 12 anos). Mas será cobrada taxa de conveniência.

Padre Omar garante que o teste do dia 30 vai ajudar na logística do evento: “Precisamos entender a demanda da noite. Há várias questões, como o esquema de funcionamento do trem”.

Experiência já neste sábado

Em festa pela visita do Papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude, a comunidade de Varginha, na Zona Norte, está na expectativa da missa que será celebrada por Dom Orani, às 8h30 do próximo sábado, na Capela São Jerônimo Emilliani. “Será uma missa em ação de graças pela escolha da comunidade para a visita do Papa. Estão todos bem ansiosos para a celebração”, declara o padre da igreja, Márcio Queiroz.

Quando souberam da novidade, os devotos comemoraram: “É mais uma preparação para a chegada do Papa e mais uma bênção para a nossa comunidade que vive um momento especial”, diz a dona de casa Maria Lúcia Penha. “Tudo isso é positivo, pois atrai olhares e a chegada de serviços aqui”, avalia o morador Marcos Antônio.

Cruz Vermelha treinará socorristas

Nos preparativos para atender os 2 milhões de fiéis esperados, a unidade carioca da Cruz Vermelha vai capacitar mais de 3 mil voluntários que atuarão como socorristas durante o evento.

Os cursos começam no sábado e vão até meados de julho, pouco antes da chegada do Papa Francisco ao Brasil.

Participam do treinamento 2.700 pessoas escolhidas pelo comitê organizador da jornada e cerca de 600 voluntários da própria Cruz Vermelha.

Últimas de _legado_Rio