Por thiago.antunes

Rio - Jovem de classe média, boa aparência e com namorada, Jorge Rodrigues Neto, de 22 anos, foi preso nesta terça-feira, acusado de ter tentado estuprar seis mulheres entre dezembro e maio, nos bairros da Penha, Bonsucesso e Higienópolis. O rapaz foi reconhecido pelas vítimas, todas entre 16 e 25 anos.

Jorge Neto%2C que correu nu atrás de vítimaAlessandro Costa / Agência O Dia

Segundo o delegado Jose Pedro Costa Silva, da 21ª DP (Bonsucesso), o acusado mora na Barra da Tijuca e cometia os crimes quando seguia para a empresa do pai, uma transportadora em Manguinhos.

Jorge usava o carro da própria mãe, um Strada prata, para praticar os atos, que não foram consumados.
Publicidade
“Ele ficava no carro sem roupa e abordava as mulheres. Chegou a correr nu e agarrar uma mulher”, disse o policial, garantindo que o acusado confessou os crimes.
Polícia divulga imagens de outros acusados
Publicidade
A Polícia Civil divulgou nesta terça-feira as imagens de dois homens acusados de estupros no Rio. Um deles cometeu o crime dentro da estação de metrô da Central do Brasil, no dia 4 de janeiro.
A vítima, de 30 anos, moradora de Niterói, contou ter sido atacada dentro do banheiro feminino da estação por um homem que disse estar armado.
Publicidade
Depois do abuso, ao notar que o criminoso não esta com arma nenhuma, a vítima reagiu e o empurrou. Assustado, o estuprador fugiu correndo, mas foi flagrado pelas câmeras de segurança da estação.
De acordo com o delegado da 4ª DP (Central do Brasil), Luiz Lima, as investigações indicam que o suspeito trabalha como funcionário de uma firma de segurança particular em Coelho Neto.
Publicidade
“Não vamos nos calar e precisamos da ajuda da sociedade para prender este tipo de bandido, como aconteceu no caso do ônibus da linha 369. Queremos ajuda da imprensa e da polícia para acabar de vez com isso tudo. É uma violência e um tormento”, disse a vítima.
O segundo caso ocorreu no último dia 20 de abril, em Bonsucesso. Câmeras de segurança de um banco registraram a imagem do estuprador, que violentou uma funcionária de uma clínica de depilação durante um assalto.

Presas na cozinha

Homem é procurado por estupro no metrôDivulgação

De acordo com o delegado da 21ª DP (Bonsucesso), Niandro Lima, o criminoso invadiu a clínica armado, rendeu as funcionárias e as manteve presas na cozinha, tendo estuprado a recepcionista. Em seguida, o bandido levou cerca de R$ 400 da clínica.

Publicidade
A Polícia Civil pede a quem tiver informações que levem ao paradeiro dos estupradores ligar para o Disque-Denúncia (2253-1177).
Adolescente em novo flagrante
Publicidade
O delegado Deoclécio Francisco de Assis, da 27ª DP (Vicente de Carvalho), vai fazer hoje novo pedido de busca e apreensão do adolescente de 16 anos acusado de estuprar, dia 3, passageira em ônibus da linha 369 (Bangu-Carioca).
O jovem foi reconhecido por quatro das cinco vítimas em dois inquéritos de assaltos registrados dois dias antes do estupro. Imagens de um deles, também num ônibus, flagraram o menor em ação. Ele foi apreendido semana passada.
Você pode gostar