Por tamyres.matos
O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, assinou a decisão do Ministério Público Federal (MPF) que arquiva a investigação contra o secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, que apura a responsabilidade no acidente com o bonde de Santa Teresa, em agosto de 2011.

De acordo com a assessoria do MPF, Gurgel ainda não comentou as razões do arquivamento, pois está em Maputo, capital de Moçambique, para tratar da relação entre os países.

Tragédia deixou seis pessoas mortasBanco de imagens

A Associação de Moradores e Amigos de Santa Teresa (Amast) manifestou revolta com a decisão através de sua página na Internet. "Ele (Júlio Lopes) não sabia que o Sistema de Bondes de Santa Teresa estava sendo sucateado...", escreveu, ironicamente, a associação em uma postagem no Facebook.

O acidente matou seis pessoas e deixou mais de 50 feridas. Até hoje, o sistema de bondes do bairro não foi recuperado.