Por tamyres.matos
Será ao som da canção ‘Francisco de Deus’, de autoria de Robson Ventura, cantor da capela São Jerônimo Emiliano, em Varginha, que moradores do Complexo de Manguinhos vão receber o Papa Francisco no dia 25 de julho. A música é um agradecimento à escolha da comunidade como palco de uma das cerimônias realizadas durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Na visita, o Sumo Pontífice vai benzer o novo altar da igreja, que foi doado por moradores, além de discursar para um público de mais de 10 mil pessoas do alto de uma laje, num campo de futebol a 300 metros da capela.
Nest sábado, para abençoar a Igreja de São Jerônimo — que será palco do encontro entre o Papa e oito padres da região —, o arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, celebrou uma missa que contou com a presença de 150 fiéis. Em uma hora de cerimônia, a música composta para o Papa foi entoada três vezes. “Queremos que a letra esteja na ponta da língua para emocioná-lo”, conta o compositor, que garante ter feito a canção de uma vez só. “Foi uma inspiração divina. A humildade dele me tocou demais”, completa.
O arcebispo destacou a importância de a igrejinha de Manguinhos receber o Papa%3A ‘Aqui é um lugar que representa as comunidades do Rio’Carlos Moraes / Agência O Dia

A música emocionou Dom Orani, que fez questão de reforçar a importância da capela para a Jornada. “Aqui é um lugar que representa todas as comunidades do Rio pela sua simplicidade. Sem contar que também é a casa do padroeiro das crianças abandonadas e por onde Madre Teresa de Calcutá fez tantos trabalhos. Durante a caminhada, não haverá grades cercando o Papa, que ficará livre para entrar em alguma casa e conversar com moradores”, explica o arcebispo.

Publicidade
Neste domingo, os símbolos da Jornada Mundial da Juventude — a cruz peregrina e o ícone de Nossa Senhora — chegam a Niterói em um navio da Marinha. A partir das 14h, a Praia de Icaraí deverá ficar repleta de fiéis de várias partes do Rio que vão prestigiar o evento Bote Fé, com missa e shows de cantores católicos.
‘Estão fazendo uma maquiagem’
Publicidade
Em parte da Rua Carlos Chagas, em Varginha, mais precisamente o trecho por onde o Papa caminhará — ele irá da igreja ao campo de futebol —, obras seguem a todo vapor. Desde que a comunidade foi escolhida para receber o Pontífice, há duas semanas, a prefeitura tem feito recapeamento no asfalto e reforço na limpeza. Mas basta ir um pouco à frente do campo para se deparar com a realidade.
“Estão fazendo uma maquiagem no caminho do Papa, mas o resto está largado, como sempre foi”, critica a moradora Almerinda Guedes, de 63 anos.
Publicidade
Uma das principais reclamações dela e de outros moradores é o estado da Praça São Sebastião de Varginha, a 500 metros da Capela São Jerônimo. Lá, mesas e bancos de alvenaria estão quebrados e há lixo por toda parte.
O campo vai receber o Papa também tem lixo e lama por todos os lados, cenário que deve mudar nos próximos dias. A laje em que o Pontífice deve subir para discursar também será vistoriada pela prefeitura.
Publicidade
Letra de ‘Francisco de Deus’
Ele vem em missão de paz/
Para trazer esperança/
O nosso povo te espera
para te abraçar/
Queremos ser que nem criança/
Quando vem ao encontro do pai/
Para receber carinho, amor/
Somos tuas ovelhas,
Francisco de Deus/
Tu és nosso pastor
É o representante de Jesus/
Dá a vida para servir/
Missionário, mensageiro
do amor/
Que bom te receber aqui/
A alegria tomou conta de nós/
E na batida do coração/
Pedimos tua benção,
ouvimos tua voz/
Nos ensinando a direção
Publicidade