Por thiago.antunes

Rio - O Órgão Especial não aliviou. Manteve a punição de 20 dias de prisão administrativa imposta pelo governador Sérgio Cabral ao coronel Fernando Príncipe.

Coronel Príncipe tem punição mantidaPaulo Alvadia / Agência O Dia

O caso foi em 2009, quando Príncipe estava à frente do 6º BPM (Tijuca) e não cumpriu ordem do comando-geral para afastar dois policiais. A conta vai ficar registrada na ficha do oficial.

Você pode gostar