Por thiago.antunes

Rio - Entre os jovens talentos da música católica que vão integrar o coro que se apresenta na Missa de Abertura da Jornada Mundial da Juventude 2013, está Karen Keldani.

Aos 34 anos, a voz suave da moça já foi ouvida até no exterior, quando cantou no Brazilian Day, em Los Angeles. O evento, marcado para o dia 23 de julho, será na Praia de Copacabana, para um público estimado em 1,5 milhão de pessoas.

Karen Keldani vai cantar para o Papa na abertura da Jornada Mundial da Juventude%2C em CopacabanaDivulgação

A nova musa da cena católica é polivalente e se aventura em outras artes. Além de cantar, atua e dança. “Durante três anos fiz a peça 'A Paixão de Cristo' na Lapa e estudei balé clássico por 12 anos”, revela a cantora, que também tem formação acadêmica em Inglês e Artes Cênicas.

A carreira de Karen começou aos 11 anos, quando gravou para a novela ‘Araponga’, da Rede Globo. “Esperava a gravação das cenas estudando, com meus livros”, relembra. Ela garante que sempre foi boa aluna e teve uma infância normal, graças à mãe. “Ela me ensinou a ser disciplinada e a ter foco”, confidencia a moça.
Publicidade
Apresentar-se em um grande evento não é novidade para Karen. Em 1997, durante a visita do Papa João Paulo II ao Brasil, ela fez parte do coral que cantou para dois milhões de pessoas na missa campal, no Aterro do Flamengo.
O CD oficial da visita do Papa FranciscoDivulgação

Recentemente, ainda foi indicada ao título de melhor cantora católica do ano, pelo Troféu Louvemos o Senhor, maior prêmio do gênero no país. A voz da moça é uma das apostas para emocionar o público da Jornada.

Karen já imagina o tamanho da emoção de encontrar o novo Papa. “Estar presente em um momento tão especial da igreja é uma honra para qualquer um. Com certeza vai ser um sonho se tornando realidade”, comemora.
Publicidade
Valores cristãos no repertório
A boa fase de Karen está só começando. Agora, a fã de Maria Bethânia se prepara para o lançamento de seu segundo CD, ‘Minha Fé’, sexta-feira, no Colégio Notre Dame, em Ipanema. No repertório pop, há de tudo um pouco.

“Canto músicas de artistas como Ivan Lins e Guilherme Arantes. E falo da minha verdade e de meus valores cristãos. Eu levanto a bandeira mesmo”, disse Karen. O evento vai contar com a presença de Eduardo Dusek, Padre Omar, Elen de Lima e Tony Allyson. “É um trabalho bem democrático”, conclui.

CD e hino

Outro nome a integrar o coro de abertura da Jornada Mundial da Juventude é o da cantora carioca Olivia Ferreira, que também é intérprete do hino oficial do evento.

Canções de inspiração católica têm estrelas como Olivia FerreiraDivulgação

Olivia começou a carreira aos 8 anos de idade e não parou mais. Além de cantar, ela toca teclado. Ao longo de 13 anos, excursionou com a Banda Bom Pastor pelo Brasil afora e gravou alguns álbuns. Ela também está no CD oficial da Jornada, lançado no último dia 7 de maio.

Publicidade
O álbum especial reúne as músicas que serão cantadas durante as missas centrais da cerimônia. Além do hino da JMJ Rio 2013, há versões de outras canções como: ‘Cordeiro de Deus’ e ‘Tantum Ergo’. As músicas serão cantadas em três dos Atos Centrais do evento: Missa de Abertura, Acolhida do Papa e Missa de Envio.
Você pode gostar