Por bianca.lobianco

Rio - Um chinelo, uma agulha de crochê e o trofeu de campeão. Foi assim que Matheus Costa, o MC Morcego, saiu do Museu de Arte do Rio (MAR) na semana passada, após derrotar 15 rivais na última versão da Batalha do Conhecimento. Criada em 2007 por Rodrigo Vieira, o Marechal, a batalha reúne MCs de todos os cantos do estado para desafios com base em conhecimentos gerais.

“Importante é a troca de informações e a conexão entre os jovens”, conta Marechal. “Grupos nasceram a partir de outras batalhas. O Emicida, por exemplo, fez seu primeiro show no Rio numa de nossas versões.”

Morcego já prepara seu voo solo. Poeta, com um canal no YouTube, faz músicas e declamka poemas. “Não é fácil viver disso”, conta ele. O chinelo arrebentado no concurso e preso com uma agulha de crochê, que usa para fazer as tranças no cabelo, deixa isso claro. “O importante foi continuar.”

Após derrotar 15 rivais na última versão da Batalha do Conhecimento, MC Morcego levou o trofeu de campeãoAndré Mourão / Agência O Dia

DIREITOS HUMANOS

A ONG Educap, do Complexo do Alemão, vai virar Centro de Referência em Direitos Humanos. A negociação aconteceu na última semana de fevereiro e assim que for homologada, uma equipe virá para capacitar os conselheiros da ONG. “Vamos orientar os moradores, desde a busca por um CPF até casos de agressão doméstica”, diz o diretor Luiz Arcoverde.

PARABÉNS, RECICLAÇÃO

Articuladora do ReciclAção, movimento de coleta de lixo reciclável no Morro dos Prazeres, Cris dos Prazeres prepara festa para o primeiro aniversário da ONG, que recolhe garrafas PET e embalagens longa vida na comunidade, no dia 23. Para ela, a favela está dando show em sustentabilidade. “Começamos com 150 kg por mês e já chegamos a 700 kg”, revela.

ESTE MÊS TEM MAIS

Batalhas no Museu de Arte do Rio vão se transformar em rotina. Na última terça-feira de cada mês — a próxima será dia 25 —, elas voltarão a acontecer. A graça não está no prêmio em si, e sim no crescimento e na troca de experiência com outros jovens de locais distintos como Leblon e Caxias. MC Marechal, 33 anos, trabalha com o movimento rap desde os 20.

PRINCESINHA DO RAP

MC Ju, de 10 anos, chama atenção por seu jeito fofo e rimas rápidas. Ela foi uma das atrações da batalha e deixou a plateia, com mais de 400 pessoas, boquiaberta. “Eu via meu irmão rimando e pedi pra ele me ensinar”, contou. Para Marechal, é importante que crianças já queiram seguir a carreira. E aconselha. “Precisam ficar menos no Facebook e estudar mais.”

MARECHAL RELEMBRA O COMEÇO DIFÍCIL

Com mais de 60 mil seguidores nas redes sociais, MC Marechal enfrentou dificuldades que pouca gente sabe nos seus 20 anos de carreira. “Não tínhamos equipamentos à disposição como os jovens têm hoje, cantavámos em cima de uma base só.” A ideia de fazer uma batalha do conhecimento surgiu para “resgatar as raízes da cultura hip hop”, como frisa. O evento é intinerante e Marechal prefere não fazer planos no longo prazo, mas afirma que a batalha vai para onde chamam. “Já fizemos no Sesc de Niterói e até em São Paulo.”

AGENDA

SANTA MARTA
Hoje, às 15h, a ONG Atitude Social comemora seus 10 anos com show de hip-hop, oficinas de comunicação e exibição de filmes. Estação 4 do Plano Inclinado, Santa Marta.

ALEMÃO
A Estação Baiana do teleférico recebe hoje um baile de máscaras, a partir das 10h, com direito a oficina de fantasias. Haverá ainda sessão de cinema com o filme Rio 3D.

FOGUETEIRO
Cíntia Luna, da Associação de Moradores local, convoca os interessados para um curso de jardinagem e reflorestamento oferecido pelo estado com direito a bolsa.

BOREL
A ONG Jocum promove dias 28 e 29 de março a 1ª Conferência de Missão Integral. O evento acontecerá na quadra da Unidos da Tijuca, na entrada da comunidade.

Você pode gostar