Projeto circense atende 120 crianças do Complexo de São Carlos

Amizade entre palhaço e empreendedor há 23 anos gerou o 'Circo Crescer e Viver', que produz espetáculos e forma artistas

Por adriano.araujo

Rio - Um palhaço, um empreendedor e uma amizade que nasceu em São Gonçalo até aterrisar na Praça Onze. Se fosse preciso resumir em uma frase o trabalho de Vinícius Dalmas e Junior Perim, a de cima bastaria. Do encontro há 23 anos, na Juventude Pedetista da cidade, até a consolidação do Circo Crescer e Viver, foram necessários alguns anos, com direito a usar a Escola de Samba Porto da Pedra como embrião do projeto social. “Só quando invadimos o terreno na Praça 11 que o circo se consolidou”, ri Perim, relembrando o quanto foi difícil convencer o município que aquela área poderia servir a projetos sociais e produções culturais. Deu certo. Hoje, além de oferecer espetáculos circenses e formar artistas até do exterior, o Crescer abriga 120 crianças do Complexo de São Carlos e vizinhança, de segunda a sábado. “Somos o maior empreendimento circense do Brasil”, diz Perim.

Amizade entre palhaço e empreendedor começou há 23 anos e gerou projeto que forma artistas circensesAndré Balocco / Agência O Dia

EMPREENDE, MULHER 1

Na comunidade, quem empreende são as mulheres. Foi assim, mostrando que lingerie apimenta a relação e, ao mesmo tempo, transformando a iniciativa em independência financeira, que Adriana Palermo, Michele Oliveira e Adriana Carolina mudaram de vida, após curso de empreendedorismo da prefeitura, no ‘Minha Casa, Minha Vida’ de Paciência.

Adriana Carolina é uma das fundadoras da AMA Lingerie ExpressoDivulgação

EMPREENDE, MULHER 2

“Aprendemos a fazer ‘chás’ com a mulherada para mostrar as novidades da moda sexy. Todo mundo se diverte”, conta Adriana Carolina, uma das fundadoras da AMA Lingerie Expresso, que faz entrega de porta em porta no condomínio. O potencial foi descoberto pela Secretaria Municipal de Habitação. “Queremos parcerias com salões de beleza”, diz.

AS HOMENAGENS A ZUMBI ?entram pela semana no MAR. A partir deste domingo, o Museu de Arte do Rio recebe a 4ª edição do projeto ‘África Diversa’, com curadoria de Daniele Ramalho, com dança, música, filmes, oficinas, palestras e Jongo da Serrinha, do Rio Maracatu. Vale a pena.

CIDADE DE DEUS 1

?A Agência France Press (AFP) abriu, quinta-feira, sua escola de fotojornalismo para moradores da Cidade de Deus, depois do sucesso do projeto ‘Olhar Bom de Bola’, em que 18 jovens da favela retrataram a paixão brasileira antes da Copa. A mostra fez sucesso no exterior. Desta vez serão 30 jovens que acompanharão a preparação da cidade para a Olimpíada.

?CIDADE DE DEUS 2

?E as boas novas na CDD não param. Quatorze anos depois, o ‘Anima Aqui’ volta à favela e oferece oficinas de animação para crianças de seis a 14 anos. Para introduzir os jovens no universo do desenho o projeto, que começou este mês e vai até julho, usará experiências lúdicas e recreativas. O ‘Anima Aqui’ nasceu a partir das oficinas feitas para o filme ‘Cidade de Deus’.

?A LUTA DE WILL RIBEIRO NO ANDARAÍ

?O estafe do megacampeão de luta livre Will Ribeiro prepara grande festa de Natal com a UPP do Andaraí, que vai ceder sua sede para a comemoração. Will, que ficou paralítico após ser atropelado por um carro quando estava parado num sinal com sua moto, no auge da carreira, pede brinquedos em bom estado, material de treino, bandagem e protetores bucais. Tudo para receber mais crianças no ginásio onde treina. O lutador, ainda cheio de energia, orienta jovens em situação de risco e trabalha com oriundos do tráfico.

?AGENDA

MARÉ

O Observatório de Favelas prossegue hoje com atividades em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra. Às 10h, haverá oficina da dança Afro, e às 16h, dança.

GUADALUPE

O Cineclube Cinegrada, que fica no Ponto Cine do Shopping Guadalupe, em Guadalupe, exibe ‘Óna’ e ‘Anjo de Chocolate’ nesta segunda, a partir das 19h, com entrada franca.

FESTEATRO

Hoje, a partir das 16h, no CIEP 223 na Estrada da Posse sem número, em Santíssimo, acontece o 16º Festeatro, gênero esquete, com apresentação de dez grupos. Grátis.

PROVIDÊNCIA

O projeto Som+Eu realiza sexta-feira, às 18h, na quadra do Instituto Central do Povo, na Gamboa, a terceira edição do ‘Sinos do Porto’, com a Orquestra de Câmara da Providência.

Últimas de _legado_Rio sem Fronteiras