Por tabata.uchoa

Rio - Em meio à repercussão nas redes sociais sobre o fórum ‘Alemão: Saídas para a Crise’, o chefe do Estado-Maior da PM, Coronel Róbson Rodrigues, anunciou a criação de um grupo de trabalho para tentar uma aproximação entre a corporação e os jovens do Complexo do Alemão que estiveram presentes ao encontro, em busca de refazer o policiamento de proximidade. O oficial pretende anunciar a medida ainda esta semana.

“Vamos reunir um grupo de jovens oficiais da PM para buscar esta interlocução”, disse ele. “A ideia é fazer isto o mais rápido possível. Com este novo fórum vamos mostrar que é possível mudar a mentalidade de que só se faz polícia bélica. É preciso compreender que nós estamos lutando para mudar esta realidade.”

O fórum ‘Alemão’, que aconteceu na quinta-feira, foi uma realização do DIA em parceria com o Iser (Instituto de Estudos da Religião) e o Cesec (Centro de Estudos de Segurança e Cidadania). Durante o encontro, o chefe do Estado-Maior afirmou que parte do projeto das UPPs está “muito complicada”, o que deixa os policiais que trabalham nas unidades tensos. “Justamente por isso não há condições de avançarmos para valorizar a proximidade nestes locais.”

Hoje, Pedro Strozenberg, do Iser, e Sílvia Ramos, do Cesec, voltam a se reunir para preparar novo encontro. Strozenberg fará oficinas de projetos com a ideia de unificar as reivindicações das ONGs do Alemão.

Você pode gostar