Por tamyres.matos

Rio - Que tal aprender a cultivar alimentos sem agrotóxicos dentro de uma área quase totalmente urbana? Em Campo Grande, bairro que foi totalmente rural há algumas décadas, isso pode ser aprendido no quintal da casa da corretora de imóveis Priscila Sabadine, que junto com sua filha, a cantora Carol Assad,, reuniu alguns especialistas e está disseminando o conceito de agrofloresta na zona oeste.

No curso, "Introdução à agrofloresta e agricultura urbana", que é pago e dura um fim de semana, são ensinadas técnicas de reflorestamento e de plantio, sem contar a bela vista da casa de Priscila, que fica numa localidade do Rio da Prata, aos pé do Parque Florestal da Pedra Branca. O próximo encontro será no dia 10 de agosto. Mais informações podem ser obtidas pelo telefones 34274050 e 96974484.

Dentro da mesma temática, ali perto fica a Associação dos Agricultores Orgânicos do Rio da Prata, a Agroprata, que produz alimentos sem nenhum aditivo, adubos químicos ou transgênicos, nas encostas do parque da Pedra Branca. Funcionando desde o ano 2000, os agricultores também trabalham na recuperação e conservação ambiental do parque e comercializam laticínios orgânicos, peixes criados com alimentos orgânicos, frangos e ovos produzidos sem hormônios e antibióticos, mel orgânico e muito mais. Seus produtos são vendidos na feirinha que funciona atrás do West Shopping, também no bairro, todo sábado de manhã. Mais informações pelos telefones 23941246 e 99439537. O endereço do blog é agroprata.blogspot.com

Você pode gostar