Agetransp apura tumulto e atrasos na Estação Cocotá das barcas

Também houve filas gigantes na Estação Araribóia e atrasos em Charitas

Por O Dia

Rio - A Agetransp vai apurar a confusão na Estação Cocotá, na Ilha do Governador, na manhã desta quinta-feira. Passageiros invadiram a plataforma de embarque, onde outros usuários aguardavam uma embarcação. Houve tumulto e foi necessário colocar um catamarã maior para atender aos passageiros.

Os técnicos da agência juntamente com o Gerente da Câmara de Transportes e Rodovias, José Luis Teixeira Lopes, analisam as circunstâncias da invasão. Também é verificado se houve descumprimento da grade de horários nos trajetos Cocotá-Praça XV e Praça Xv-Paquetá.

A invasão à área de embarque aconteceu após superlotação e causou tumulto por volta das 7h50. Ninguém ficou ferido. Passageiros reclamaram de falta de organização.

Portão foi destruído após tumulto na Estação CocotáLeitor %40aldantas

De acordo com a CCR Barcas, passageiros já aguardavam para sair em um catamarã com capacidade para 237 pessoas quando outros usuários que estavam no salão da estação forçaram o portão e invadiram o local de embarcação.

O local ficou lotado e precisou ser usada outro catamarã que sairia às 8h10, com capacidade para 650 lugares, de acordo com a concessionária. Com o incidente, a saída atrasou em mais de meia hora. A viagem prevista para às 8h10 saiu às 8h34 e houve atrasos nas saídas seguintes às 10h55.

Passageiros voltam a enfrentar filas enormes nas barcasLeitora %40mimizinhanit

A concessionária informou que às 12h50 que os intervalos de todas as linhas operavam sem atrasos.

?Manhã de transtornos também em Niterói

As filas gigantescas formadas por passageiros das barcas voltaram a causar transtornos na manhã desta quinta-feira, em Niterói. Inicialmente, a CCR Barcas alegou 'problemas técnicos' para a longa espera na Estação Araribóia.

O problema foi causado por conta do cancelamento de viagens extras para a Praça XV, no Centro do Rio, por conta de problemas nas embarcações que realizam o trajeto.

As duas embarcações que realizam as viagens extras passaram por manutenção durante toda a madrugada e não ficaram prontas a tempo, complicando a vida dos passageiros. A CCR Barcas espera que as barcas fiquem disponíveis antes da hora do rush no período da tarde. Em Charitas, haviam atrasos de oito a 15 minutos até às 9h15.

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas