Por bianca.lobianco

Rio - As estações do metrô da Central, Presidente Vargas, Uruguaiana, Cidade Nova e Praça Onze estão fechadas por conta da manifestação que ocorre nas ruas do Centro. Mais cedo, confrontos policiais em frente à prefeitura e incêndio causado por uma minoria no posto médico que funciona dentro do Terreirão de Samba, deixou o clima tenso na região. 

Os manifestantes receberam orientação do carro de som do Movimento Passe Livre para retornar ao ponto de concentração, na Praça da Candelária, e abandonar o objetivo de seguir para o Palácio Guanabara, como estava previsto no trajeto. 

Túnel Santa Bárbara é liberado

Após informações sobre possível manifestação no Palácio Guanabara, túnel Santa Bárbara foi reaberto no sentido Laranjeiras, nesta quinta-feira. A Avenida 31 de Março também foi liberada após interdição por conta de confusão envolvendo policiais e manifestantes.

Segundo a Guarda Municipal, o túnel foi fechado devido à possibilidade de ocorrer manifestação no Palácio Guanabara. Já a PM informa que o fechamento do túnel se devedeve-se ao confronto que ocorre no Terreirão do Samba, no Centro. O fluxo de carros que estariam seguindo em direção ao Centro poderia atrapalhar a ação da PM para repreender os atos de vandalismo de uma minoria que ainda está concentrada no local.

Luzes no entorno da Prefeitura são apagadas

As luzes no entorno da Prefeitura, no Centro do Rio, foram apagadas por volta das 19h30 desta quinta-feira. A assessoria do órgão nega, mas a região segue sem luz. Um pouco mais cedo, um grupo de manifestantes entraram em confronto com PM na região, quando quatro deles atiraram fogos de artifício nos cavalos do Batalhão de Choque (BPChq). Pelo menos 17 pessoas ficaram feridas, três delas por balas de borracha. Todos foram encaminhados para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro.

A polícia reagiu atirando bombas de gás e efeito moral na multidão, em ambos os sentidos da Avenida Presidente Vargas e até mesmo de cima do prédio dos Correios. O tumulto se concentra no Viaduto da via. Um veículo do SBT foi incendiado. Houve corre-corre e muita gente passou mal na via. Mais de 10 carros e motos do Batalhão de Operações Especiais (Bope) seguem para o local. .



Você pode gostar