Por thiago.antunes

Rio - Após um pouco mais de duas horas, as Linhas 1 e 2 do metrô foram reabertas na noite desta terça-feira. A Linha 1, no entanto, segue da Saens Peña a Siqueira Campos sem parada na estação Cardeal Arcoverde

Por volta das 16h30, uma queda de energia na Estação Uruguaiana interditou a Linha 2 e, às 17h25, a Linha 1, que funcionava da Estação Siqueira Campos até a Glória. Segundo a concessionária responsável, as linhas entraram em operação às 18h50 e os intervalos estão em processo de normalização.

Pane trouxe caos a usuários

Em nota, a concessionária informou que interrupção da operação foi causada pelo rompimento de um cabo de energia na altura da estação Uruguaiana. "A energia das linhas 1 e 2 foi interrompida para que as equipes de manutenção trabalhassem em segurança", diz o comunicado.

Usuários enfrentaram diversos transtornos por conta do fechamento de estaçõesAlexandre Brum / Agência O Dia

Uma leitora relatou que os usuários tiveram que caminhar pelos trilhos entre as Estações Uruguaiana e Presidente Vargas e que, após 1h30, funcionários apareceram para evacuar os usuários do transporte.

A Estação Cardeal Arcoverde ficou aberta somente para desembarque, por conta da alta circulação de peregrinos em Copacabana. A concessionária pediu que quem desejar embarcar seguissem até a Estação Siqueira Campos.

Leitores registraram o fechamento de alguns acessos também na Zona Sul, como na Estação de Botafogo, próximo à Rua Voluntários da Pátria. A estação Carioca operou com controle de fluxo de passageiros. Funcionários estão liberando a entrada aos poucos para evitar aglomeração além do limite.

Usuários encontraram estações fechadasAlexandre Brum / Agência O Dia

A Agetransp abriu boletim de ocorrência para apurar paralisação nas Linhas 1 e 2 da concessionária. Fiscais do órgão encontram-se na via a fim de colher dados preliminares sobre o incidente e a Agência Reguladora está monitorando a operação do Metrô Rio. No momento não há previsão para normalização no transporte de passageiros.

A Secretaria Municipal Transportes informou que intensificou a frota de ônibus e táxis, principalmente em Copacabana, devido problemas no Metrô.

Você pode gostar