Por cadu.bruno

Rio - Funcionários terceirizados do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj)  começaram uma manifestação, às 6h15 da manhã desta segunda-feira, no quilômetro zero da RJ-116, no município de Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio. O tráfego chegou a ser interditado na rodovia em ambos os sentidos.

Nesse momento, equipes da Concessionária Rota 116 estão no local da manifestação e com o apoio da Polícia Rodoviária Estadual conseguiram montar um sistema de Pare e Siga, liberando alternadamente a passagem de veículos em uma faixa de rolamento da rodovia. O trânsito no local está fluindo muito lentamente.

A manifestação acontece no trevo de interseção entre a RJ-104 com a RJ-116, rodovia que dá acesso ao Comperj, além dos municípios de Cachoeiras de Macacu e Nova Friburgo, na Região Serrana do estado.

Para se livrar do congestionamento que se formou na região, motoristas que seguem de Cachoeiras de Macacu e Nova Friburgo em direção à Niterói e ao Rio de Janeiro devem acessar a RJ-122, na altura do km 35 da RJ-116, próximo a um posto da Polícia Rodoviária Estadual. Deste ponto, eles podem seguir até a localidade de Parada Modelo, em Guapimirim e acessar a BR 116 (Magé - Itaboraí).

Você pode gostar