Município do Rio retorna ao Estágio de Vigilância na manhã deste sábado

Núcleos de chuva perderam força. Rio Quitandinha, em Petrópolis, segue em Alerta Máximo. Baixada e outros municípios do Estado seguem em Atenção

Por O Dia

Rio - O município do Rio de Janeiro retornou ao Estágio de Vigilância às 8h deste sábado, informou o Centro de Operações da Prefeitura, uma vez que os núcleos de chuva que atuavam sobre a cidade, por conta da passagem de uma frente fria, perderam força. Com isso, a previsão para as próximas horas é de chuva fraca.

A cidade estava em Estágio de Atenção desde as 22h30 desta sexta-feira, 22 de novembro. As bacias da Zona Sul e de Jacarepaguá estavam em Estágio de Atenção desde as 20h27 do mesmo dia.

O Estágio de Vigilância, primeiro em uma escala de quatro, é caracterizado pela ausência de chuva ou ocorrência de chuva fraca nas próximas horas.

Alerta Máximo na Região Serrana

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) decretou às 2h55 da madrugada deste sábado Estado de Alerta Máximo de iminência de transbordamento no Rio Quitandinha, em Petrópolis, Região Serrana do Rio. Segundo o órgão, chove moderadamente, mas de forma ininterrupta na região.

Os maiores índices pluviométricos registrados no município foram nos bairros Bingen (24,2), Centro (20,8), Coronel Veiga (20,2), Alto da Serra (18,0) e Quitandinha (17,2).

O Rio Bengalas, em Nova Friburgo, também na Região Serrana, está em estado de alerta, assim como o Rio Pavuna, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Ainda de acordo com o Inea, estão em Estágio de Atenção, com previsão de chuva moderada a forte para as próximas horas, os municípios de Macaé, no Norte Fluminense, São Gonçalo, Niterói e toda a Região Norte-Noroeste do Rio.

Rio em Alerta na Baixada

O Rio Pavuna, na Baixada Fluminense entrou em Estágio de Alerta às 0h15 deste sábado, devido aos registro de chuvas intensas e da subida do nível do rio acima do normal.

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas