Por adriano.araujo

Rio - Mato alto, terra que vem dos caminhões e lixo se acumulando faz com que o canal que corta a Avenida Olof Palme, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste, corra o risco de desaparecer por conta do assoreamento. O abandono provoca a proliferação de mosquitos e mau cheio, além de alagamentos durante a chuva.

O caso já foi mostrado pelo DIA em matéria publicada em janeiro. Na época, a Comlurb se prontificou de realizar a limpeza e roçada do local, mas o seguidor de ?O DIA 24 Horas ?Guilherme Rio (@guirio) relatou que pouco foi feito. Segundo ele, toda a extensão do canal, que vai da Estrada dos Bandeirantes até a Avenida Salvador Alende, está na mesma situação.

Mato e lixo toma conta de canal na Avenida Olof Palme%2C no RecreioSeguidor %40guirio

Guilherme também diz que na última roçada o mato foi jogado dentro do canal, contribuindo para o assoreamento do local. "Tem muita terra no meio fio, em toda extensão, e na esquina da Salvador Alende já está se formando um monte de terra!", disse. Segundo ele, a terra vem de caminhões de obras da construção da Vila Pura (futura Vila Olímpica). Em dias de chuva, o abandono provoca alagamentos na via e dificulta o tráfego.

A Gerência de Limpeza do bairro informou, através de nota, que irá realizar nesta quarta-feira, a partir das 7h, um repasse no serviço de roçada na Avenida Olof Palme com Estrada dos Bandeirantes, com uma equipe de cinco garis e ceifadeiras.

Flagrou alguma irregularidade no trânsito, nos transportes, um fato inusitado ou problemas no seu bairro? Envie sua denúncia para o Twitter de O DIA 24 Horas (@odia24horas) ou para o e-mail [email protected] Estamos #TodaHoraTodoDia com você!

Mata gigante às margens da Avenida Olof Palme, denunciada pelo leitor em janeiroSeguidor %40guirio


Você pode gostar