Vídeo mostra confusão na mão dupla da Avenida Rio Branco

Pedestres, motociclista e carro de passeio entram em faixa exclusiva

Por O Dia

Rio - A mão dupla da Avenida Rio Branco não parece ter sido bem assimilada pelos motoristas e pedestres cariocas. No segundo dia de mudanças, vídeo exclusivo do DIA mostra pedestres e entregadores caminhando na agulha que segue em direção à Candelária, tudo sob os olhos de agentes de trânsito, que nada fazem.


Nas imagens, também é possível ver um motociclista e um carro de passeio entrando na avenida no sentido Centro, na faixa exclusiva para ônibus e táxis. O tráfego, como já era esperado, apresentou lentidão durante a manhã e tarde desta terça-feira.

No momento, o trânsito no Centro da cidade apresenta retenções na Avenida Presidente Vargas, sentido Candelária, altura da Avenida Rio Branco. A Avenida Rio Branco apresenta retenções, no sentido Cinelândia. Trânsito bom no Trevo das Forças Armadas e Túnel Santa Bárbara, no sentido Zona Sul.

Guarda Municipal aplica 85 multas nos dois primeiros dias úteis após a mudança de sentido da Avenida Rio Branco

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro , divulgou em nota que multou 85 veículos particulares flagrados ao transitar irregularmente pela Avenida Rio Branco, nos dois primeiros dias úteis após a implantação da mão dupla e das restrições de circulação na via. 

Foram multados apenas os condutores que insistiram em desobedecer as novas regras e as orientações dadas pelos agentes. A infração é considerada média e tem penalidade de multa no valor de R$ 85,13, além da perda de quatro pontos na carteira de motorista.

Mudanças no Centro do Rio dificultam vida de quem vem de Niterói e São Gonçalo

A vida de niteroienses e gonçalenses que precisam se deslocar todos os dias para a capital fluminense ficou ainda mais difícil, com as intervenções realizadas pela Prefeitura do Rio na Região Portuária e no Centro. Nesta terça-feira, por exemplo, a CCR Barcas confirmou que houve aumento na procura pelo transporte aquaviário, após o fechamento do Mergulhão da Praça XV.

Em comunicado enviado à imprensa, a concessionária do serviço público afirmou que no segundo dia útil após o fechamento do mergulhão, até as 9h, foi registrado aumento de 33,5% no número de passageiros transportados, se comparado o mesmo período das terças-feiras de fevereiro do último ano.

>>>GALERIA: Fotos do segundo dia de caos nas principais vias do Centro

O aumento na procura pelo serviço representa o aumento do sofrimento. Passageiros passaram a enfrentar filas ainda maiores na Praça Arariboia, em Niterói. Todavia, embora registre aumento da demanda, a CCR garante que sua operação permanece normal.

Ponte piora

Outro transporte que foi diretamente afetado com fechamento do Mergulhão da Praça XV, demolição da Perimetral, entre outros, foi o terrestre. Na Ponte Rio-Niterói, antes de começarem as intervenções da atual gestão municipal, a via apresentava retenções apenas até as 8h30, 9h da manhã. Agora, o tráfego fica lento até as 10h, em média.

Chegada ao Centro do Rio piorou após fechamento do Mergulhão da Praça XV e mão dupla na Rio BrancoSeverino Silva / Agência O Dia




Últimas de _legado_O Dia 24 Horas