Por adriano.araujo

Rio - Cerca de 100 pessoas realizaram uma manifestação na Avenida Francisco Bicalho, na manhã desta quarta-feira. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, as pistas central e lateral foram interditadas no sentido Avenida Brasil, na altura da quadra da Unidos da Tijuca, por cerca de 1h30. A via foi liberada e fechada algumas vezes, tendo uma faixa liberada às 9h25. O trânsito deu um nó na cidade.

O grupo era formado por moradores de um edifício que foi invadido na região. O protesto foi pacífico. Os manifestantes escreveram no asfalto a frase "Queremos casa". A Polícia Militar dialogou com os manifestantes para que liberassem os veículos retidos.

Após protesto na Francisco Bicalho%2C trânsito complica na Avenida D. Pedro II com Rua São CristóvãoSeguidora %40deazita6

Houve congestionamento e os reflexos chegaram à Radial Oeste e Rua São Francisco Xavier, no Maracanã, na pista lateral da Avenida Presidente Vargas, no Centro, e ao longo dos túneis Rebouças e Santa Bárbara. Os reflexos também chegaram à Lagoa, na Zona Sul, e na Avenida Marechal Rondon e Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá.

A CET-Rio interditou a saída do Viaduto 31 de Março, que liga o Túnel Santa Bárbara à Presidente Vargas para evitar que mais motoristas fiquem presos no trânsito. Com isso, o motorista que estava no elevado devia seguir em direção ao Santo Cristo.

Outra medida visando desafogar o trânsito foi a interdição da saída do Elevado Paulo de Frontin para a Avenida Francisco Bicalho. O motorista era obrigado a seguir para a Praça da Bandeira e São Cristóvão, onde acessava a Avenida Brasil e Via Binário. O Centro de Operações Rio também adotou o esquema de tráfego utilizado no período da tarde: quem vem da Avenida Rodrigues Alves para o Centro é obrigado a seguir pela Rua Cordeiro da Graça. Com a liberação da pista central da Avenida Francisco Bicalho, esses esquemas foram desfeitos.

Quem vinha da Zona Norte em direção à Avenida Brasil deveria usar o Viaduto da Mangueira e seguir por Benfica. Já o motorista que vinha da Zona Sul tinha como opção a Via Binário. A CET-Rio enviou agentes de trânsito para o local. 

Reflexos de protesto na Avenida Francisco Bicalho chega à Grajaú-JacarepaguáDivulgação


Você pode gostar