Por paulo.gomes

Rio - Em greve, trabalhadores do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro realizam uma manifestação na rodovia RJ-116, na manhã desta quarta-feira, em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio. Segundo a concessionária responsável pela via, o tráfego de veículos está bloqueado entre os quilômetros 0 e 3, pois os operários fazem uma caminhada pela rodovia, que liga os municípios de Itaboraí a Nova Friburgo e Macuco.

A Polícia Militar está reforçando a segurança no localLeitor%3A %40lipe_fininho

Os trabalhadores se reuniram no trevo da Reta, na RJ-116, e, neste momento, seguem da RJ-104, em direção ao quilômetro 3 da RJ-116, onde está a principal entrada de acesso ao Comperj, onde realizaram uma nova assembleia. Segundo a Rota 116, a manifestação é pacífica e homens do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual acompanham a caminhada.

>> LEIA MAIS: Greve do Comperj sem data para acabar

A concessionária que administra a rodovia aconselha os motoristas a aguardarem o término das manifestações em local seguro para prosseguirem viagem.

No último domingo, em assembleia com mais de 20 mil pessoas, de acordo com o sindicato, em Itaboraí, foi decidido manter a greve dos operários que trabalham na construção do complexo petroquímico, que completou nesta terça-feira 35 dias.

Você pode gostar