Por adriano.araujo

Rio - Devido a uma manifestação em Costa Barros, na Zona Norte, feita por moradores que protestam contra a morte de uma criança com um tiro durante operação policial, estações da SuperVia e do Metrô foram fechadas na manhã desta quarta-feira.

De acordo com a concessionária de trens, a circulação foi interrompida às 11h no trecho entre as estações Barros Filho e Costa Barros, do ramal Belford Roxo, devido à presença de manifestantes na via férrea. Os trens que partiam da estação Central do Brasil seguiam até a estação Barros Filho e os de Belford Roxo seguiam até a estação Pavuna/ São João de Meriti. O Grupamento de Polícia Ferroviária (GPFer) foi acionado e passageiros eram avisados pelo sistema de áudio dos trens e das estações. Às 14h00, a Estação Costa Barros foi reaberta e a circulação normalizada.

Já no metrô, a Estação Engenheiro Rubens Paiva foi fechada por volta de 11h25 por medidas de segurança. A circulação só funcionava no trecho entre as estações Botafogo e Irajá. A Estação Rubens Paiva foi reaberta por volta de meio-dia.

Você pode gostar