Por adriano.araujo

Rio - Moradores da região da antiga Fábrica de Cartuchos e Artifícios de Guerra do Exército, em Realengo, na Zona Oeste do Rio, sofrem com uma situação de abandono, com casos de vias onde o esgoto acaba transbordando e alagando ruas, em época de chuva.

Registro de um seguidor do Twitter O DIA 24 Horas (odia24horas) mostra a situação que os moradores da Rua Pedro Gomes tiveram que enfrentar nesta semana. "A rua está alagada desde a madrugada de segunda para terça, em 50% da sua extensão", relatou Ricardo Moraes (@negorick). Segundo ele, o problema ocorre "há anos". "Antes a rua esvaziava, desta vez a água veio e ficou", disse.

Moradores precisam disputar espaço com o esgoto que tomou grande parte da Rua Pedro Gomes, em RealengoSeguidor %40negorick

Procurada pela reportagem, a empresa Foz Águas 5, responsável pelo esgoto de bairros da Zona Oeste do Rio, disse que enviou uma equipe até o local denunciado pela reportagem e verificou que o transbordo de esgoto se trata de um problema de drenagem, de responsabilidade da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (Seconserva).

O DIA questionou a secretaria que, em nota conjunta com a Fundação Rio-Águas, da Secretaria Municipal de Obras, informou que "atua nessa rua com serviços de limpeza do sistema de drenagem e que uma nova vistoria será feita no local nesta semana para avaliar os serviços paliativos necessários". De acordo com a Fundação Rio-Águas, uma vistoria será feita no Rio Catarino, no trecho próximo à Rua Pedro Gomes, a fim de avaliar as condições do rio.

Esgoto transbordou e alagou ruas de RealengoSeguidor %40negorick

A Seconserva afirmou que fez, entre junho e agosto deste ano, serviços de conservação no sistema de drenagem de Realengo e que os trabalhos foram executados por equipes da Coordenadoria Geral de Conservação (CGC). Segundo a secretaria, foram feitos serviços de limpeza e reparos de 7.663 metros de galerias de águas pluviais, 1.574 metros de ramais de ralo e 819 caixas de ralo e poços de visita. Ainda de acordo com a secretaria, também foram executados serviços de recuperação asfáltica em trechos de vias do bairro.

CAMPANHA PEDE SERVIÇOS DO PROGRAMA BAIRRO MARAVILHA

O morador Ricardo Moraes, que procurou a reportagem de O DIA, também contou que várias campanhas pedindo serviços de melhorias para a região já foram feitas. Na Internet, um abaixo assinado (http://paneladepressao.minhascidades.org.br/campaigns/229) organizado pelos moradores pede a construção do Parque Realengo, com a instalação de equipamentos culturais, esportivos e educacionais na região, como a Arena Carioca, Biblioteca Parque, Nave do Conhecimento, além de pistas de skate, quadras poliesportivas, academias ao ar livre e anfiteatros.

De acordo com os moradores, uma placa do programa Bairro Maravilha pode ser vista próximo da Rua Pedro Gomes, onde o esgoto transbordou nesta semana.

Publicação no Diário Oficial de março deste ano mostra que a Secretaria Municipal de Obras destinou R$ 1.169.747,11 à construtora W.V. LTDA para a execução do "Bairro Maravilha Oeste", que prevê a realização de obras de pavimentação, drenagem e saneamento na comunidade Vila Santo Antônio, em Realengo. A empresa tem prazo de 240 dias para a entrega do serviço. No entanto, de acordo com a secretaria, a região da antiga Fábrica de Cartuchos e Artifícios de Guerra do Exército não está incluída no cronograma de ações do projeto.

Você pode gostar