Por tiago.frederico

Rio - Uma resolução que regulamenta as especificações do dispositivo luminoso (bigorrilho) instalado sobre a capota dos táxis do Rio foi publicada, nesta quinta-feira, pela Secretaria Municipal de Transportes, no Diário Oficial do Município. Segundo  a secretaria, a medida tem como objetivo melhorar a visibilidade para passageiros que, muitas vezes, têm dificuldade em identificar se o veículo está vazio ou com passageiro.

De acordo com a resolução, o equipamento tem que ser LED, com a palavra táxi na cor verde, dupla face e dimensões mínimas de 50 milímetros de altura por 210 milímetros de comprimento. O dispositivo deve ser mantido aceso quando o táxi estiver livre e apagar no momento em que o taxímetro for ligado, ou seja, quando estiver tripulado.

De acordo com a secretaria, taxistas têm até 2016 para fazer a adequação, que deve estar de acordo com as novas regras na ocasião da vistoria anual feita pelo Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro (IPEM) do mesmo ano.

Você pode gostar