Tubulação estoura, alaga avenida e deixa orla de Copacabana sem água

Técnicos da Cedae trabalham na Avenida Atlântica, próximo ao Museu da Imagem e do Som, onde tubulação de água estourou nesta manhã

Por O Dia

Rio - Parte da orla de Copacabana teve o fornecimento de água interrompido depois que uma tubulação de água potável da Cedae rompeu na Rua Miguel Lemos, no trecho entre a Rua Aires de Saldanha e a Avenida Atlântica, próximo ao Museu da Imagem e do Som, no bairro da Zona Sul, na manhã deste domingo. Técnicos da companhia trabalham no local. A previsão é que o serviço esteja pronto até o fim do dia.

Confira fotos da orla de Copacabana completamente alagada 

Tubulação estoura na Avenida Atlântica e deixa a orla sem águaFoto%3A Alessandro Buzas / AG. O DIA

De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, o tráfego está interditado, naquele trecho onde ocorre a obra e motoristas são desviados pela Rua Xavier da Silveira. O rompimento da tubulação alagou a principal avenida de Copacabana nesta manhã. A pista junto aos prédios virou um verdadeiro rio e motoristas tiveram que enfrentar as águas para trafegar na região. Agentes da CET-Rio orientaram o trânsito.

Leia mais:

Redes de gás da CEG são atingidas por obras em dois pontos da cidade

Rompimento de tubulação da Cedae causa congestionamento em Botafogo

Tubulação da Cedae rompe e esgoto invade mar do Leblon

O provável motivo para o rompimento da tubulação de 400 milímetros é uma rachadura de dois metros encontrada no cano de grande porte da companhia de abastecimento. O alagamento de parte da Avenida Atlântica levou lixo para bueiros da região, que ficaram entupidos. Agentes da Secretária de Conservação e Serviços Públicos foram para o local desentupir os bueiros.

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas