Por adriano.araujo

Rio - Um dia após o alerta à população da previsão de um forte temporal na cidade, o prefeito Eduardo Paes avisou, na manhã desta sexta-feira, que continuará avisando os cariocas em caso de possibilidade de chuva forte.

A ideia de preparar o povo para uma possível catástrofe visa diminuir os estragos provocados pelas chuvas de verão. "Vou continuar avisando quando a previsão for de chuva forte, para assim criar uma cultura de redução de danos", disse Paes.

O prefeito disse que a não chegada do temporal fez com que ele também não escapasse das brincadeiras em casa. Segundo Eduardo Paes, seus filhos tiraram sarro dele por causa dos memes que se espalharam nas redes sociais. "Até meus filhos zombaram de mim hoje de manhã, mas eu entendo. Não tenho vocação para Cacique Cobra Coral", brincou.

LEIA MAIS: Alerta no Rio inspira 'chuva de piadas' nas redes sociais

GALERIA: Tempo ficou feio, mas temporal esperado não chegou no Rio

Paes fala sobre temporal que não chegou na cidade Bruno de Lima / Agência O Dia

?'Resposta passa por prevenção', diz chefe-executivo do Centro de Operações

?O município do Rio retornou ao Estágio de Normalidade às 5h35 desta sexta-feira, já que núcleos de chuva que atuavam sobre alguns pontos da cidade na noite de quinta-feira perderam força e no momento não há registro de chuva, dando fim ao alarde provocado pela previsão de forte temporal que atingiria na cidade ontem.

Diante das inúmeras críticas nas redes sociais — e piadas através de memes — por conta da previsão que não se concretizou, Pedro Junqueira, chefe-executivo do Centro de Operações, afirmou que a prefeitura trabalhou baseadas nas informações das previsões meteorológicas.

Tempo ficou feio%2C mas temporal esperado não chegou no RioFoto%3A Márcio Mercante / Agência O Dia

“Nossa capacidade de resposta passa pela prevenção, pelo monitoramento com previsão do tempo, radares e pluviômetros, e passa pela mobilização e pelo apoio da população. Numa próxima ocasião em que haja uma condição dessa natureza, precisaremos nos comportar de forma parecida e deixar a cidade preparada”, disse em entrevista ao Bom Dia Rio.

LEIA TAMBÉM: Prefeitura monta esquema com 3.200 agentes, mas chuva não chega

Segundo o meteorologista-chefe do Alerta Rio, Pedro Jourdan, a previsão que alertava para chuvas comparadas aos eventos de abril de 2011, quando choveu um volume 79% maior do que o esperado para aquele mês, e dezembro do 2013, quando o volume ficou em 73% maior do que o esperado, foi baseada em monitoramentos desde o início da semana. De acordo com Jourdan, seria uma irresponsabilidade das autoridades omitir essa informação. Apesar de não atingir do evento castrófico não ter acontecido, pancadas de chuva forte atingiram a Zona Oeste e moderada na Zona Norte.

A previsão para esta sexta-feira é de chuva fraca a modera isolada no período da manhã, intensificando a partir do período da tarde, com pancadas de chuva moderada a forte. O município estava em Estágio de Atenção desde às 6h50 de quinta-feira.

“Na manhã desta sexta ainda há previsão de chuva moderada para o final da tarde ou à noite. Vamos acompanhar e caso ocorra uma mudança de cenário, daremos o alerta”, afirmou Junqueira.

Você pode gostar