Por adriano.araujo

Rio - A coloração marrom do mar no trecho da Praia de Copacabana, na Zona Sul da cidade, assustou alguns banhistas que frequentaram o local na manhã desta quarta-feira. A cor de barro da água seria causada pela decomposição de algas. Segundo o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), uma equipe de técnicos da Gerência de Qualidade das Águas realizou vistoria na região e constatou que trata-se de uma floração de macroalga da espécie Rodofícea que confere uma coloração acastanhada à água.

A ocorrência dessa espécie, conforme o órgão, é muito comum no trecho próximo ao costão de onde as algas se desprendem em condição de mar mais agitado. Essa macroalga não representa risco a saúde dos banhistas.

Mar marrom na Praia de Copacabana%2C na Zona SulAlessandro Buzas / Parceiro / Agência O Dia

.

Você pode gostar