Sobe para 12 número de feridos em acidente com dois ônibus no Centro

Vítimas foram encaminhadas para o Hospital Municipal Souza Aguiar. Colisão parou trânsito na Av. Brasil até Manguinhos

Por O Dia

Acidente parou trânsito nas principais vias de acesso ao Centro do RioLeonardo Sales/BTN/Centro de Operações Rio

Rio - A colisão envolvendo dois ônibus no Viaduto dos Pracinhas, no início da manhã desta quinta-feira, deixou 12 pessoas feridas, parou o trânsito e complicou a chegada ao Centro do Rio. Inicialmente, o Corpo de Bombeiros divulgou que 11 pessoas tinham se ferido, mas depois a assessoria de imprensa da corporação corrigiu o número.

Todas as vítimas foram atendidas por bombeiros do Quartel Central, no Centro, e encaminhadas com ferimentos leves para o Hospital Municipal Souza Aguiar, na mesma região. Elas foram identificadas como Marco A. da Silva Jacinto, 36, Nilceli G. Belo, 35, Arlete F. da Silva, 58, Fabio S. da Silva, 34, Ysac N. do Santos Apolinário, 21, Bruno M. Teixeira, 26, Antônio C. da Silva, 47, Sérgio S. Magalhães, 36, Nelma M. dos Santos, 46, Luciane P. dos Santos, 34, Daniela S. da Silva, 23, e Florentino J. de Oliveira, de 69 anos.

O acidente ocorreu num ponto crucial para o trânsito carioca, pois o Viaduto dos Pracinhas, uma das vias do Trevo das Forças Armadas, é responsável por ligar a Avenida Francisco Bicalho à Avenida Presidente Vargas. Com a colisão, uma faixa de rolamento ficou interditada no local e um longo congestionamento se formou, em efeito dominó.

Foram registradas retenções, em direção ao Centro, ao longo da Avenida Francisco Bicalho; do Viaduto do Gasômetro; da Avenida Brasil, até a altura de Manguinhos; e na Ponte Rio-Niterói, onde o tempo de travessia para a capital fluminense ultrapassou os 35 minutos. Os dois ônibus colidiram por volta das 5h, mas só foram retirados do local logo depois das 7h.

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas