Por luis.araujo

Rio - Um trem que seguia de Santa Cruz para a Central do Brasil não pôde concluir viagem por conta de um problema na rede aérea. Segundo o Centro de Controle Operacional da Supervia foi identificado uma ocorrência na rede aérea entre as estações Vila Militar e Deodoro. Os passageiros tiveram que desembarcaram na via com auxílio dos agentes da concessionária e seguiram viagem em outras composições.

Rede aérea apresentou um problema e trem que seguia para a Central não concluiu a viagemDivulgação / SuperVia

Segundo o Centro de Controle Operacional da Supervia, após esvaziarem o trem que seguia para a Central, técnicos da concessionária se dirigiram até o local para apurar as causas do incidente e fazer os reparos necessários na rede aérea. 

Devido à suspeita de ato contra o sistema que afetou as duas linhas do ramal Santa Cruz, a concessionária precisou suspender, às 15h50, a operação do ramal. As estações foram fechadas por medida de segurança e a concessionária deu início à distribuição de vale-viagens aos passageiros que já estavam nos trens e estações

Com à ocorrência, trens do ramal Santa Cruz circulam somente entre as estações Central do Brasil – Deodoro e Padre Miguel – Santa Cruz. As estações Vila Militar, Magalhães Bastos e Realengo ficaram fechadas para embarque e desembarque por cerca de uma hora e os passageiros foram comunicados por sistema de áudio nos trens e estações. 

Por volta de 16h50 foram liberadas para circulação as linhas do ramal Santa Cruz pelos técnicos da SuperVia e as estações do ramal foram reabertas. A primeira composição da Central do Brasil para Santa Cruz partiu às 17h. No mesmo horário, a concessionária programou um trem extra partindo da estação Madureira com destino a Santa Cruz.

Com o fluxo de passageiros concentrados na região do Centro do Rio para a volta para casa, as partidas da Central serão priorizadas em relação às saídas de Santa Cruz. As causas do incidente que provocaram a suspensão temporária do serviço ainda estão sendo apuradas pela concessionária.

Reforço nas linhas de ônibus

A Secretaria de Estado de Transportes determinou à Fetranspor reforço imediato nas linhas de ônibus que atendem o trajeto no ramal Santa Cruz, em especial nas estações Central e Deodoro. O plano de contingência vale até a normalização dos serviços no ramal. 

Você pode gostar