Trem descarrila em Nova Iguaçu e fecha oito estações na Baixada Fluminense

Segundo a SuperVia, não houve feridos, mas passageiros desembarcaram sozinhos e caminharam a pé pelos trilhos

Por O Dia

Passageiros andaram a pé entre os trilhos até a plataforma da estaçãoWhatsApp O DIA (98762-8248)

Rio - O descarrilamento de um trem do ramal de Japeri, na saída da estação de Nova Iguaçu, que seguia para a Central do Brasil, forçou o fechamento de oito estações da Baixada Fluminense, no início da manhã desta quarta-feira.

Centenas de passageiros tiveram que desembarcar por conta própria da composição e seguir a pé pelos trilhos até a estação mais próxima, de Juscelino Kubitschek. Não há informações de feridos.

Em nota, a SuperVia informou que o acidente ocorreu às 6h10. Ainda de acordo com a concessionária, "imediatamente, os agentes da concessionária se direcionaram ao local para auxiliar os passageiros no desembarque na via e no trajeto até a plataforma". Pelo WhatsApp do DIA (98762-8248), porém, passageiros narram que tiveram que sair dos vagões por conta própria.

Com oito estações fechadas, o tráfego está sendo feito apenas entre as estações Juscelino Kubitschek e Central do Brasil. A SuperVia também afirmou que "iniciou a distribuição de vale viagem e os passageiros estão sendo informados do ocorrido por meio do sistema de áudio da composição".

A circulação nos outros ramais e o funcionamento da outras estações do ramal da Central do Brasil segue normal, segundo a concessionária.

Trem descarrilou na saída da estação de Nova IguaçuWhatsApp O DIA (98762-8248)

A Agetransp (agência fiscalizadora dos serviços das concessionárias de transporte público, como trens, metrô e barcas) disse que abriu um boletim de ocorrência para apurar as circunstâncias dacidente com o trem em Nova Iguaçu.

"Técnicos da agência reguladora foram deslocados para o local da ocorrência para iniciar a apuração das causas do incidente. O atendimento prestado aos usuários pela concessionária SuperVia também será avaliado, assim como o acionamento e o cumprimento do Plano de Contingência Integrado", disse, em nota, a agênciaque informou também que seus técnicos vão acompanhar o restabelecimento da operação no ramal.

Oito estações foram fechadas no ramal JaperiSeguidora %40phadrs

Demora em retorno da circulação foi por medida de segurança

Em nota enviada pela SuperVia, a empresa informou que, após o descarrilamento, foi avisado aos passageiros para que permanecessem dentro da composição e esperassem agentes de controle da concessionária para desembarcar nos trilhos e fossem guiados até a plataforma mais próxima.

A concessionária defendeu que não houve demora no atendimento e, logo que constatada a ocorrência, segundo a empresa, sete agentes seguiram imediatamente para o local. Isso levou 10 minutos, segundo a SuperVia.

A justificativa para a demora - uma hora e vinte - no retorno da circulação dos trens foi a necessidade de garantir que medidas de segurança fossem tomadas após a ocupação das linhas até as estações próximas.

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas