Ladrão se envolve em acidente e morre após perseguição policial na Av. Brasil

Bandidos estavam assaltando na altura da Rodovia Washington Luiz, onde começou a perseguição

Por O Dia

Réplica de fuzil é apreendidaWhatsApp O DIA (98762-8248)

Rio - Uma perseguição policial na Avenida Brasil, na manhã desta quarta-feira, teve início na altura do Trevo das Missões, em Cordovil, e só foi terminar na chegada à Penha, quando um criminoso — identificado como Waldir Henrique de Menezes, 28 anos —morreu, após se envolver em um acidente.

Segundo informações do 16º BPM (Olaria), uma dupla e outro seis suspeitos estavam em dois carros tentando assaltar um caminhão, na pista sentido Centro da via expressa, quando os bandidos foram vistos por policiais militares, dando início à perseguição.

Os ladrões que estavam no carro da frente conseguiram fugir. Os que estavam no segundo carro, acabaram batendo na traseira do caminhão. O criminoso, não identificado, que dirigia o carro, morreu no local. O ladrão que tentou fugir a pé, disparando sua arma, Rafael de França Brito, de 20 anos, foi atingido por estilhaços de balas e se entregou. 

O baleado foi levado para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, para ser medicado, e depois foi autuado na 22ª DP (Penha).

De acordo com informações da 22ª DP (Penha), as investigações estão em andamento para apurar a morte de Waldir Henrique de Menezes. 

Segundo policiais militares, com Rafael, que foi preso, foi apreendido uma réplica de fuzil, uma pistola 9mm, munições e dois carros roubados. Ele responderá por tentativa de homicídio, receptação e resistência qualificada.

Em meio a perseguição, tiros e a colisão, motoristas ficaram com medo. O trânsito parou e, somente após a prisão de Rafael, a situação acalmou.  O Centro de Operações da Prefeitura do Rio informou que, em função do acidente na Penha, a agulha da pista lateral para a pista central da Avenida Brasil chegou a ser parcialmente interditada, no sentido Centro, naquele trecho.

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas