Em greve, servidores da rede federal de saúde protestam na Zona Sul do Rio

Cerca de 250 pessoas se reuniram em frente ao Instituto Nacional de Cardiologia, em Laranjeiras, nesta segunda-feira

Por O Dia

Rio - Em greve, servidores da rede federal de saúde protestaram na Rua das Laranjeiras, em frente ao Instituto Nacional de Cardiologia (INC), no bairro da Zona Sul do Rio, na manhã desta segunda-feira. O ato reuniu cerca de 250 pessoas e criticou a política de privatização. A categoria pede equiparação salarial com os servidores do INSS, a incorporação da gratificação e a reposição das perdas salariais. Eles também lutam pelo duplo-vínculo e por uma jornada de 30 horas semanais.

Participaram não apenas servidores do INC, mas também de outras unidades hospitalares. Um ato unificado está previso para a próxima quarta-feira, às 10 horas, no Núcleo do Ministério da Saúde no Rio (Nerj), na Rua México, 128. O objetivo é pressionar o governo pelo início de negociações efetivas na saúde federal.

Categoria entrou em greveWhatsApp O DIA (98762-8248)

Segundo o SINDSPREV-RJ, sindicato que representa a categoria, após ocupação do gabinete do coordenador do Ministério da Saúde no Rio, na última quinta-feira, representantes da pasta em Brasília sinalizaram com a possibilidade de negociação na capital federal nesta quarta, o que ele ainda não está assegurado.

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas