Problema na sinalização atrasa circulação em três ramais da SuperVia

Intervalos ficaram irregulares no Deodoro, Japeri e Santa Cruz. Problema interrompeu viagem de trem do ramal Belford Roxo

Por O Dia

Em Costa Barros%2C no ramal Belford Roxo%2C foi defeito em composição que atrasou viagem de passageirosSeguidor %40jefferson_ORS

Rio - Passageiros enfrentaram superlotação nos trens e nas plataformas da SuperVia na manhã desta terça-feira. A concessionária registrou às 5h20 um problema no sistema de sinalização no ramal Deodoro, entre as estações Madureira e Oswaldo Cruz, e no ramal Santa Cruz, entre Augusto Vasconcelos e Santíssimo. A ocorrência gerou atrasos na circulação porque os trens precisaram aguardar ordem para circular nestes trechos. O ramal Japeri também foi afetado.

Pelo WhatsApp do DIA (98762-8248), passageiros contaram ter esperado até 30 minutos por um trem na estação. Depois que a composição chegava e seguia viagem, segundo leitores, ela acabava ficando parada durante outros longos minutos. Muitos reclamaram de falta de informação. "A SuperVia não diz o que está ocorrendo", se queixou um usuário. No entanto, a concessionária nega que a falta de comunicação. "A todo momento, os passageiros foram avisados sobre a situação por meio do sistema de áudio dos trens e das estações e pelos canais de comunicação da empresa", afirmou.

Ainda de acordo com a SuperVia, no ramal Santa Cruz, por volta das 7h30, os técnicos já haviam corrigido o defeito e os trens circulavam sem atrasos. No entanto, nos ramais Deodoro e Japeri, a circulação naquele horário ainda ocorria com intervalos irregulares. Os intervalos só foram regularizados em todo o sistema às 8h30.

Estouro no motor em Costa Barros

Em Costa Barros, um trem do ramal Belford Roxo que seguia para a Central do Brasil apresentou um problema no sistema elétrico às 5h10. No Twitter, um usuário disse que houve um estouro no motor da composição. "Igual caranguejo só anda pra trás", descreveu. A concessionária afirmou que enviou um trem para fazer o transbordo dos passageiros. Após vistoria no local, a composição seguiu viagem às 5h30. A SuperVia nega que tenham ocorrido atrasos na circulação deste ramal.

Leitor flagra estação Campo Grande completamente lotada de passageirosWhatsApp O DIA (98762-8248)

Novos horários no ramal Vila Inhomirim

Ainda que o transporte ferroviário tenha registrado problemas, moradores da Baixada Fluminense têm o que comemorar. Uma reivindicação antiga para redução dos intervalos nos horários de pico da manhã foi atendida no ramal Vila Inhomirim. A partir desta terça-feira, a grade de horários passa a contar com três novos horários. Segundo a Secretaria de Estado de Transportes, na antiga estação Raiz da Serra, em Magé, passageiros terão partidas para Saracuruna, em Caxias, às 5h05 e às 7h08. De Saracuruna para Vila Inhomirim, há uma nova viagem às 6h05.

Com sete estações (Morabi, Imbariê, Manuel Belo, Parada Angélica, Piabetá, Fragoso e Vilha Inhomirim), o ramal Vila Inhomirim percorre uma distância de 15,5 quilômetros entre Duque de Caxias e Magé. Passageiros deste ramal fazem transferência em Saracuruna, caso tenham como destino as estações Gramacho e Central do Brasil. Com os novos horários, o sistema passa a contar com mais 1.500 lugares.

Internauta posta foto de passageiros a espera de composição em Madureira e ironiza slogan de campanha da SuperVia. 'Quem anda vê mudança'%2C escreveuSeguidor %40eliasfreitas_


Últimas de _legado_O Dia 24 Horas