Por tiago.frederico

Rio - Entre 18 de dezembro e 10 de janeiro, cerca de 1,4 milhão de pessoas devem chegar ou partir da Cidade Maravilhosa utilizando o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, o Galeão. Para o período mais agitada do ano para os aeroportos do país, a Riogaleão, empresa responsável pela adminsitração do aeroporto, aumentou o número de funcionários nas áreas pública e restrita em 11%.

Segundo a concessionária, os horários dos serviços de alimentação sofrerão uma adequação. Além disso, a disponibilidade de táxi e o atendimento para informação aos passageiros foram reforçados. “Mobilizamos esforços, inclusive ao longo do ano que passou, para que os viajantes encontrem um aeroporto preparado para recebê-los”, reforça Herlichy Bastos, diretor de operações do RIOgaleão.

Concessionária afirma que foram adquiridas novas pontes de embarque e modernizadas as pontes fixasDivulgação

Outro serviço aperfeiçoado no Galeão, de acordo com a concessionária, foi o sistema de refrigeração, modernizado através de um investimento de R$ 12 milhões. A Riogaleão afirma que estarão em operação neste ano o dobro do número de equipamentos que integram o sistema de ar-condicionado, em comparação com o ano passado. Também houve investimento no sistema elétrico, garante a concessionária.

Foram adquiridas novas pontes de embarque e modernizadas as pontes fixas. Das 32 pontes móveis, 11 já foram totalmente instaladas no Terminal 1, e as pontes fixas, que ligam o terminal aos novos fingers, também já passaram por retrofit, que inclui a climatização com ar-condicionado. As instalações neste terminal serão concluídas em janeiro, assim como o início da instalação das pontes no Terminal 2, área que já conta com nove escadas rolantes totalmente novas das 15 que serão instaladas até abril de 2016 e oito plataformas verticais para desembarque de pessoas em cadeiras de rodas.

Você pode gostar