O Dia no Grande Rio: Guerra de números

Prefeitura de Nova Iguaçu começa campanha de marketing que mostra elevação da dívida municipal

Por O Dia

Rio - A Prefeitura de Nova Iguaçu começou uma campanha de marketing que vai dar o que falar. No primeiro anúncio, mostrou a elevação da dívida municipal em 10 anos. O maior salto foi a partir de 2005, primeiro ano de Lindbergh Farias (PT), quando atinge R$ 249 milhões, seis vezes acima dos R$ 42 milhões do ano anterior.

Segundo os dados, o ano de 2009, último de Lindbergh, deixou saldo negativo de R$ 856 milhões. Em 2012, a dívida bateu em R$ 1,76 bilhão.

Lindbergh contesta

A assessoria de Lindbergh Farias contesta os números. Segundo Fausto Trindade, ex-secretário de governo de Nova Iguaçu, o petista recebeu a prefeitura em 2005 com dívidas totais de R$ 332 milhões. 

Trindade alega que em 2009 a dívida era de R$ 81 milhões e não de R$ 856 milhões e que em 31 de março de 2010, quando Lindbergh deixou o governo, havia R$ 78 milhões nos cofres da prefeitura.

Últimas de _legado_O Dia na Baixada