Por tamyres.matos

Rio - A Fundação Cultural de Itaboraí e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) trabalham juntos na recuperação do túnel ferroviário de Porto das Caixas. O túnel foi aberto em 1860, para passar a linha férrea que ligava o distrito de Itaboraí à cidade de Cantagalo e depois foi estendida a Niterói, e ficou abandonado a partir dos anos 1970, quando a ferrovia foi desativada.

O primeiro passo do projeto, já em andamento, é a demolição das casas construídas irregularmente sobre o túnel e na sua entrada. Quando todas tiveram sido removida, a passagem será recuperada e uma praça será construída.

Você pode gostar