Por julia.amin

O ginásio poliesportivo da Vila Olímpica de Nova Iguaçu será palco da segunda edição da Copa Nova Iguaçu de Ginástica Olímpica, que será realizada hoje, a partir das 9h. A competição vai reunir oito equipes do estado, como Flamengo e Fluminense, e cerca de 400 atletas.

O evento, que teve a primeira edição realizada em agosto, é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Nova Iguaçu, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, e o ex-ginasta Marcelo Azeredo, fundador do Núcleo de Ginástica Olímpica que leva seu nome e que vai disputar a competição. “Oficializamos o evento na cidade, e o objetivo é que ele faça parte do calendário esportivo de Nova Iguaçu, sempre com duas edições por ano”, explica Marcelo Azeredo.

A competição será dividida em duas: uma para iniciantes e outra para atletas de nível avançado. Na primeira, os ginastas participarão das provas de solo e minitrampulim. Na segunda, além dessas duas, eles farão o salto sobre a mesa.

A equipe do técnico Marcelo Azeredo treina quatro vezes por semana para fazer bonito no campeonato%2C que reunirá 400 atletas do estadoCarlo Wrede / Agência O Dia


Um dos competidores será Yuri da Silva Tomaz Braga, 15 anos. Morador do bairro Austin, em Nova Iguaçu, ele foi terceiro colocado na prova de solo na edição de agosto, sem nem sequer integrar a equipe de um clube. “Gostava de fazer saltos na quadra da minha escola. Na época, um coordenador leu uma matéria no DIA, anunciando a competição e me inscreveu”.

A terceira colocação para um atleta sem grande experiência chamou a atenção de Marcelo Azeredo, que, imediatamente após o evento, o convidou para fazer parte de sua equipe. Para o treinador, Yuri tem tudo para se tornar um grande ginasta na modalidade que tem Diego Hypólito como grande ídolo. “Ele tem muito talento. É um especialista na prova de solo. Tem muita impulsão”, afirma Azeredo, esperançoso.

Yuri conta que não se surpreendeu com seu desempenho na primeira etapa da competição. Mas ele não crê que terá vida fácil para subir ao pódio novamente.

Por isso, prefere não fazer promessas. mas promete fazer o melhor que puder. “Desde pequeno sonhava em ser ginasta e hoje me sinto realizado”, comemora o jovem, que também sonha com a Olimpíada do Rio.

Objetivo é revelar novos talentos

Para Adriano Santos, secretário municipal de Esporte e Lazer, a competição é uma ótima oportunidade para que o público possa acompanhar, gratuitamente, um dos esportes considerados mais belos. “Quem sabe eles verão o nascimento de novos campeões, como Daiane dos Santos e Arthur Zanetti”, vislumbra o secretário, que terá a companhia de André Lazaroni, secretário estadual de Esporte e Lazer durante o evento.

Além da Copa de Ginástica, a Vila Olímpica oferece hoje atividades esportivas que vão marcar o encerramento das comemorações da Semana da Criança.

Você pode gostar