Escola de amor e de solidariedade

Em Nova Iguaçu, Centro oferece educação e lazer para carentes

Por O Dia

Rio - Solidariedade é o sentimento que faz a pedagoga e professora de História Ivanete Pereira de Matos, 48 anos, comandar desde 2011 o Centro de Apoio Social de Comendador Soares (Cascos), em Nova Iguaçu. Ela se empenha, sem patrocínio, para manter a instituição, que oferece aulas de balé, capoeira, judô, ginástica para terceira idade e música, entre outras atividades.

Ana Júlia (centro) foi selecionada pelo Bolshoi. Para as aulas de balé%2C há lista de espera de mais de 250 pessoasEstefan Radovicz / Agência O Dia

O Cascos atende mais de 200 pessoas. No Centro, têm aulas de 10 professores. “Nossos parceiros são nossas mãos”, filosofa Ivanete Matos. Ela se orgulha de revelar jovens talentos, como o ator mirim Kaiky Gonzaga, que participa da novela ‘Amor à Vida’, da Rede Globo, e a bailarina Ana Júlia Souza, 10 anos, selecionada pelo Balé Bolshoi para disputar vaga em sua escola de dança em Joinville (SC).

A mãe da menina, Cilene Amorim, 29 anos, comemora a oportunidade da filha. “Se não fosse pelo Cascos, a Ana teria ficado só na vontade de fazer balé. Não tinha dinheiro para pagar aulas”, diz Cilene. Ana Júlia endossa e sonha com o futuro. “Penso em seguir carreira”, diz a garota.

A organização e o cuidado com as salas, coloridas e limpas, chama a atenção. A pequena biblioteca já conta com mais de mil títulos. “Tudo é financiado pela instituição. Os pais dos alunos também colaboram. Recebemos doações, fazemos rifas e almoços para manter o Cascos”, diz Ivanete Matos, que comanda uma equipe de sete pessoas.

Muitas paredes da instituição foram pintadas por ela mesma. “Já me chamaram de maluca por isso”, relembra, aos risos.

Cerca de 450 pessoas já foram beneficiadas por sua dedicação desde 2011. Ela aprendeu lições de vida aos montes.

Uma recebe destaque. “Ninguém aprende na facilidade, mas na dificuldade”, diz, em referência aos anos de lutas e vitórias para chegar onde chegou.

Últimas de _legado_O Dia na Baixada