Por camila.borges
Publicado 06/12/2013 17:50 | Atualizado 06/12/2013 18:12

Rio - Os taxistas que forem flagrados fazendo corrida sem o uso do taxímetro serão punidos em Nova Iguaçu. Blitzes estão sendo realizadas para combater as viagens ilegais mais conhecidas como “no tiro”, feitas principalmente nesta época do ano, quando o comércio fica abarrotado de consumidores.

Motoristas flagrados poderão ter autonomia cassada e carro rebocado em Nova IguaçuAgência O Dia

Segundo o secretário de Transporte , Rubens Borborema, os fiscais aproveitarão a oportunidade para orientá-los sobre documentação, condições dos carros e comportamento ideal com o passageiro.

Nova Iguaçu tem 14 pontos de táxi e 345 profissionais com permissão. “Os casos de abuso devem ser denunciados, seja por meio da autoridade policial ou de um agente de trânsito”, afirmou.

A punição para o taxista apanhado cobrando “no tiro” será desde multa até a cassação da autonomia, em caso de reincidência.
O passageiro pode denunciar infrações na ouvidoria da Secretaria de Transporte: 2668-6774. Na denúncia, é preciso informar local, data, horário, nome e número do registro do motorista. Anote também a placa do carro.

Você pode gostar