Por paulo.gomes

Rio - Asfalto e saneamento básico, iluminação, abastecimento d’água e coleta de lixo são alguns dos presentes que os moradores Baixada Fluminense gostariam de ganhar em 2014. Eles esperam que o próximo ano seja próspero para a região, que foi mais uma vez castigada pelas enchentes no início do mês.

Os pedidos feitos pelos leitores do DIA aos governantes serão acompanhados durante o ano. “Sonho em ver minha rua asfaltada antes de morrer. Quem sabe deixo de pisar na lama em 2014?”, desabafa a pensionista Odete Lopes, de 75 anos, 60 deles vividos na Rua Inhangá, no bairro Cosme Damião, em Japeri.

Odete Lopes sonha em ver a Rua Inhagá asfaltada%2C no bairro Cosme e Damião%2C Japeri%2C onde mora há 60 anosFabio Gonçalves / Agência O Dia

O trânsito congestionado é alvo de reclamação em Nova Iguaçu. Engarrafamentos diários, principalmente nos acessos ao Centro, lideram o ranking de reclamações na Associação Comercial e Industrial (Acini).

“Reclamam também da falta de iluminação, mas nada é igual ao trânsito. O morador acaba levando mais que o dobro do tempo para se chegar num lugar”, afirma o presidente Antônio Alpino.
Publicidade
Já em Belford Roxo, a precariedade na coleta de lixo tem deixado ruas sujas e caçambas amarrotadas de sacolas plásticas. Na Avenida Floripes Rocha, em Maria Amália, próximo ao nº 13, a situação é de abandono.
“Além do mau cheiro, as caçambas ficam cheias de ratos. Espero que no ano que vem a cidade esteja limpa”, critica o aposentado Amaro Bonifácio Carlos, 67.
Publicidade
Em Duque de Caxias, moradores se queixam da precariedade na área da saúde, que segundo eles, está doente.
“Para melhorar, tinham que reabrir o Hospital Municipal, que era nossa referência”, reclama a dona de casa Carmem Faustino Gentil, 57, do bairro Senhor do Bonfim.
Publicidade
Deixar os filhos em segurança numa creche pública para trabalhar com tranquilidade. Esse é o desejo de várias mães em Guapimirim.
“Queria um espaço para deixar minha filha de 5 meses e trabalhar sem preocupação e com tranquilidade”, pede a comerciante Fabiana Juvino, 36, no bairro Iconha.
Publicidade
Em Nilópolis, onde somente no mês de setembro, a delegacia da área registrou 105 roubos a pedestres, 54 a mais que o mesmo período de 2012, moradores se queixam da falta de segurança. “Já vi muitos assaltos e ando pela cidade assustada. Quero uma Nilópolis sem violência em 2014”, implora a manicure Rosana Freitas, 32.

A segurança pública também é uma preocupação da população de São João de Meriti, que pede reforço no policiamento. “Em Éden, os roubos acontecem quase todos os dias, pois bandidos do Rio migraram para cá”, conta a aposentada Geralda Pereira, 61.

Falta de placas de sinalização com o nome das ruas é um problema crônico em Queimados. Segundo o presidente da Associação Comercial, Anésio Azevedo, há poucas placas até no Centro.

A coleta de lixo regular é um dos principais desejos da população de Belford Roxo%2C a ‘Cidade do Amor’Estefan Radovicz / Agência O Dia

Os anseios da população

Japeri - “Sonho em ver minha rua asfaltada antes de morrer. Quem sabe deixo de pisar na lama em 2014? Quero que meus netos vivam melhor em Japeri. Por algumas vezes, o ônibus deixa de passar aqui”, Odete Lopes, 75 anos, pensionista.
Publicidade
Itaguaí - “A Estrada do Mazomba está uma vergonha. Nós taxistas sofremos para passar por lá”, Oscar do Carmo, 72 anos.
Belford Roxo - “A coleta de lixo só é feita uma vez por semana. O resultado são ruas repletas de sujeira. Que no ano que vem a coleta seja levada a sério. Estamos vivendo como porcos em chiqueiros”, Amaro Bonifácio Carlos, 67 anos, aposentado.
Publicidade
Mesquita - “A água em Cosmorama não chega, mas a conta da Cedae, sim. Utilizo bomba para puxar a água e a conta de luz vem cara”, Soraya Pereira, 46 anos, de Cosmorama.
Nova Iguaçu - “No próximo ano a prefeitura poderia organizar melhor o trânsito, com o aumento de agentes e a colocação de sinais novos. Está uma bagunça”, Bruno Garcia, 32 anos, comerciante.
Publicidade
Seropedica - "A saúde é o maior problema de Seropédica. Gostaria muito que em 2014 tivéssemos a nossa UPA. Seria muito bom para a população”, Alvaro Gil do Nascimento, 71 anos, morador do município.
Duque de Caxias - “O Hospital Municipal Duque de Caxias tem que ser reaberto em 2014. Era a nossa referência. Atendia todos os moradores daqui e até de outras cidades da Baixada”, Carmem Gentil, 57 anos, dona de casa.
Publicidade
Guapimirim - “Queria ter uma creche pública para deixar minha filha em local seguro. No bairro Inhoca não há uma sequer”, Fabiana Juvino, 36 anos, comerciante.
Prefeituras prometem melhorias para 2014
Publicidade
Japeri - Sobre o abandono no Cosme Damião, a prefeitura informa que a região vai passar por obras de saneamento, drenagem e pavimentação através de parceria com o Governo do Estado.
Nova Iguaçu - Em relação aos problemas no trânsito, a prefeitura afirma que 26 importantes ruas e avenidas do Centro vão ganhar câmeras, semáforos inteligentes, radares fixos e móveis, pontos de avanço de sinal, reboques e painéis de grande alcance, transmitindo informações aos motoristas em tempo real sobre as condições do trânsito.
Publicidade
Duque de Caxias - A prefeitura informa que as obras do Hospital Duque de Caxias começam já em janeiro, com previsão de entrega da primeira etapa da reabertura (a policlínica) em seis meses. A conclusão da obra, porém, será no final de 2014.
Guapimirim - Sobre a creche para o bairro Iconha, a prefeitura avisa que as obras para a construção de uma unidade começará em janeiro.
Publicidade
Mesquita - Sobre a falta d’água, a prefeitura fez convênio com a Cedae para concluir obras nos reservatórios JK1 e JK2 no segundo semestre. A obra deve normalizar o abastecimento na Chatuba e Cosmorama.
Seropédica - Sobre o pedido de uma Unidade de Pronto Atendimento para 2014, a prefeitura deverá entregar uma UPA para o início de março.
Publicidade
Magé - Sobre o fechamento da Policlínica de Santo Aleixo em 2007, a prefeitura informou que o pedido de Natal dos moradores para 2014 será antecipado ainda este mês. A inauguração da policlínica está prevista para acontecer na próxima sexta-feira.
Belford Roxo - Sobre a falta de coleta de lixo em Belford Roxo, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos informou que não há problema de lixo na cidade. A justificativa foi que devido as fortes chuvas, a coleta ficou prejudicada por 48 horas.
Publicidade
Itaguaí - A prefeitura afirma que a operação tapa buraco vai chegar a Mazomba em 2014.
Paracambi - Sobre a falta de asfalto em Guarajuba, a prefeitura garante que dez ruas do bairro estão sendo asfaltadas e as obras serão entregues no início do ano.
Publicidade
Queimados - Sobre a escassez de placas com o nome de ruas, Queimados afirma que a sinalização será uma das priodidades do governo.
Nilópolis - Através de uma parceria entre governo federal e a prefeitura, a cidade vai ganhar uma Companhia da Polícia Militar, que será instalada em Novo Horizonte, em 2014.
Publicidade
São João de Meriti - A prefeitura informa que será instalada uma Companhia Destacada da Polícia Militar, no dia 20 de janeiro, em Vila Ruth. A unidade terá 60 homens para melhorar a segurança na região.
Você pode gostar