Por bianca.lobianco
Candomblecista Miriam Aparecida%2C a Mãe Miriam%2C prevê que a Baixada passará por renovação%3A ‘Teremos enchentes%2C mas será melhor que 2013’ Estefan Radovicz / Agência O Dia

Rio - As cartas de tarô e o jogo de búzios apontam que a Baixada Fluminense vai passar por um período de transformação e renovação em 2014. Desastres naturais e algumas tragédias também deverão acontecer na região, segundo as previsões para o ano novo que se inicia daqui a três dias.

Numa mesa branca, os búzios da candomblecista de Nilópolis Miriam Aparecida, a Mãe Miriam, garantem que a Baixada em 2014 vai passar por uma grande transformação. “Quando o ano começa numa quarta-feira, ele passa por renovação. Será regido por Xangô e Iançã. Infelizmente, teremos enchentes, mas será melhor que em 2013, que foi regido por Nanã”, assegura.

Nos búzios, Sérgio Duarte, o Pai Sérgio de Ogum vai mais longe e aponta duas tragédias que vão marcar as cidades da região. “Vejo água e fogo no Rio e Baixada. Será um ano com terremotos. Em Nova Iguaçu, um vulcão adormecido vai acordar e causar problemas”, avisa Pai Sérgio, se referindo ao vulcão extinto no Maciço Mendanha, próximo ao bairro de Cabuçu.

A saúde dos governantes também é motivo de preocupação, porém a que mais chama a atenção é a do prefeito de Queimados, Max Lemos. “Ele está cercado de inveja”, diz o Pai de Santo, que crava a grande vencedora do Carnaval carioca: “A Beija-Flor de Nilópolis”, entrega.

Nova Iguaçu, Belford Roxo e Duque de Caxias, de acordo com Pai Sérgio, são as cidades que mais vão sofrer com as enchentes. “É bom as pessoas se prepararem”, afirma.


Você pode gostar