Malhação pesada e dieta para arrasar na Avenida

Rainhas e musas das escolas de samba da região fazem ioga e muita ginástica para brilhar nos desfiles da Sapucaí

Por O Dia

Rio - O Carnaval será só em março, mas para elas a preparação para a festa já começou há mais de três meses. A malhação ficou pesada e a alimentação, regrada. Tudo para manter e forma. As rainhas de baterias e musa das escolas de samba da Baixada prometem arrasar na avenida.

Adepta do Ioga, a atriz Christiane Torloni, que está à frente da bateria da Grande Rio, anda de bicicleta e corre na esteira em casa. Para manter a boa forma, ela consume frutas, sopa, água e, principalmente, nada de glúten - proteína derivada do trigo, cevada, aveia e centeio.

A atriz também se prepara com aulas de samba que recebe do dançarino Carlinhos de Jesus. “A sopa tem que ter substância e ingredientes diferentes. Quinua e chuchu, por exemplo, eu adoro!”.

Raíssa de Oliveira%2C da Beija-Flor%2C começa a se preparar em outubroFabio Gonçalves / Agência O Dia

A rainha de Bateria da Beija-Flor de Nilópolis, Raíssa de Oliveira, 23, também não tem moleza: “Depois do meio do ano, lá por outubro, tomo mais cuidado com a alimentação.” Ela também separa uma hora e meia do dia para a malhação. Dizendo-se ‘tranquila’ com relação a doce, afirma que “os fast-foods são um problema”. “Mas não tem jeito, tem que segurar, até para ter preparo físico”, pondera.

Já Michele Jabulani, 32 anos, musa da Inocentes de Belford Roxo, está de pé às 8h, dando início à sua jornada de preparação para o Carnaval. “Começo com duas fatias de pão integral, uma fruta, peito de peru e queijo branco. Para beber, um copo de leite integral ou suco de soja”, ensina. A malhação dura pelo menos uma hora e meia. “Não tem jeito, tem que malhar mesmo”, diz.

Para o nutricionista Raphael Martins, as musas e rainhas acertam ao se alimentarem de frutas neste período. “Consumir fruta no calor - elas que precisam de preparo físico - é excelente. Indico as de cores fortes, como a melancia e a tangerina”, ensina.

Ele diz que também é importante se alimentar de verduras variadas e folhas escuras. “A rúcula, a chicória, o agrião e a couve são muito boas”, garante. Para beber: “Água e água de coco - hidratam e nutrem.”

Últimas de _legado_O Dia na Baixada