Por felipe.carvalho

Dúvidas, insegurança, conselhos desencontrados e expectativas são constantes no dia a dia das grávidas. Para melhorar a qualidade de vida e a autoestima das que fazem pré-natal nas Clínicas da Família de Nova Iguaçu, o programa Cegonha Iguaçuana promove, desde junho, encontros com profissionais de saúde. O primeiro, na Cerâmica, encerrou as atividades na terça-feira com dia de beleza e direito a maquiagem e fotos das futuras mamães.

A enfermeira Juliana Gonçalves, uma das coordenadoras dos encontros, explica que foi improvisado um estúdio na clínica e que todas as pacientes foram maquiadas. “Elas estavam muito felizes, se sentindo como verdadeiras modelos”, contou.

Ao todo, foram seis reuniões quinzenais para tratar de temas como alimentação, relações familiares, cuidados com o corpo, amamentação, entre outros. Uma equipe multidisciplinar com nutricionista, psicóloga, ginecologista, enfermeiras e agentes de saúde tirou dúvidas e deu recomendações às grávidas.

Fabiana Alves foi maquiada e tirou várias fotos na unidade da CerâmicaDivulgação

Além disso, as seis gestantes, em diferentes estágios de gravidez, com filhos ou não, trocaram experiências. “Eu não amamentei nenhum dos meus três filhos porque tinha muito medo de sentir dor, mas, vindo ao grupo, o medo acabou. Vou amamentar meu bebê porque sei que isso é importante para ele”, revelou a grávida Fabiana Barbosa Alves, de 25 anos.

O encaminhamento para os encontros é feito para as grávidas que fazem pré-natal nas Clínicas da Família, mas as reuniões são abertas para gestantes em geral. “Teve uma que resistiu a participar e no fim chorou porque não queria se despedir do grupo”, contou a enfermeira.

Próximos encontros já têm data 

?Os próximos grupos já têm data marcada para começar. Na Clínica da Família da Cerâmica (Rua Aristotelina Mariano de Souza 406), novo ciclo se abre no dia 30. Até o fim do mês, Boa Esperança (Rua Coronel Fawcett) também receberá encontros, que já são feitos em Corumbá (Estrada Velha Santa Rita).

“O grupo da Cerâmica foi um sucesso e queremos replicar esta experiência em todas as clínicas”, garantiu o secretário Saúde de Nova Iguaçu, Luiz Antônio Teixeira Júnior.

Você pode gostar