Vitrine para craques em Nova Iguaçu

Artsul Futebol Clube investe nas categorias de base e na descoberta de talentos, em Austin

Por O Dia

Uma oportunidade para mostrar o domínio da bola, passes certeiros e dribles desconcertantes. É tudo o que os jogadores sonham para se tornar craque. Foi o que aconteceu com o meia-esquerda Maurício Henrique, de 17 anos. Ele passou no teste e é o artilheiro do time juvenil do Artsul Futebol Clube, que investe nas categorias de base e na descoberta de talentos.

Com sede em Austin, Nova Iguaçu, o clube é uma vitrine para os atletas da região. “Os olheiros vão sempre ao clube em busca de jogadores. É um trampolim para quem quer fazer carreira no futebol”, afirma Maurício Henrique.

O lateral esquerdo Wendel Junior, 17, que fez teste no Flamengo e não passou, conseguiu se profissionalizar no Artsul. “Aqui, eles me abriram as portas”, contou.

Entre os jogadores formados no clube estão o meio campo Ibson, ex-Flamengo e atualmente no Sport de Recife, e o volante Rodrigo Souto, do Botafogo. Atualmente, o Artsul tem 11 atletas emprestados: cinco no Botafogo, um no Flamengo, dois no Fluminense, um no Cruzeiro, de Minas Gerais, um no Avaí e outro no Figueirense, ambos de Santa Catarina.

Jogadores treinam em média quatro horas por dia Estefan Radovicz / Agência O Dia

Comissão especializada

Os jogadores são preparados por uma comissão técnica que conta com treinadores, preparador físico e de goleiros, e profissionais de saúde, como médicos, dentistas, fisioterapeutas e massagistas. Os atletas treinam, em média, quatro horas por dia . “Selecionamos os meninos através das peneiras todas as terças-feiras. Nelas, avaliamos principalmente a parte técnica, a habilidade e as noções de posicionamento do atleta”, diz o treinador do time juvenil, Bruno Igor.

Com 13 anos de história, o time, que teve origem na fábrica de manilhas da família do seu fundador e presidente, Nivaldo Pereira, virou referência pela estrutura oferecida aos atletas. Conhecido como Tricolor da Dutra, o clube tem um estádio que comporta 2.800 pessoas, sete campos de futebol, oito vestiários, alojamento com 12 suítes, departamento médico, refeitório e tribuna de imprensa. Toda a área é de 80 mil metros quadrados.

O Artsul conta em média com 220 atletas com idades de 9 a 19 anos, divididos por categorias: a pré-mirim é para crianças de 9 a 11 anos; a mirim, de 11 a 13; a infantil, de 13 a 15; a juvenil, de 15 a 17; e a júnior para adolescentes de 17 a 19 anos. Os atletas disputam diversas competiçõe

Conhecido como Tricolor da Dutra, clube tem alojamento com 12 suítes, além de estádio e sete camposEstefan Radovicz / Agência O Dia

Meta é jogar a primeira divisão do Campeonato Carioca

O gerente do Artsul, Rafael da Rocha, destaca que o clube tenta conciliar o trabalho social com a formação de atletas. “Somos um clube formador. A ideia é fazer um bom trabalho para que esses meninos trilhem seus próprios caminhos no futuro”, revela.

Ele disse ainda que os alunos não pagam para treinar. “É tudo de graça. Para seguir com o trabalho, precisamos que daqui saia um grande talento, para gerar receita para o clube”, explicou.

O Artsul tem como meta também o acesso à elite do futebol carioca na categoria profissional. Atualmente na terceira divisão, o time quase conseguiu a vaga para a Série B, mas o sonho foi interrompido pela derrota por 3 a 1 para o Barcelona no domingo passado. Com o resultado, a equipe tricolor terminou em sexto. Como só sobem quatro, o clube terá que tentar ano que vem a volta à Segundona.

Time decide no próximo domingo o carioca juvenil

O Artsul pode ganhar mais um título no próximo domingo. O time decide contra a Portuguesa da Ilha do Governador a final do Campeonato Carioca Juvenil da Série B. O jogo será às 11h, no Estádio Luso-Brasileiro, na casa dos adversários. O time chegou à final após passar pelo Olaria nas semifinais, vencendo por 3 a 1 o primeiro jogo e empatando o segundo, por 1 a 1.

Na fase de grupos, o Tricolor da Dutra se classificou em terceiro lugar com 41 pontos conquistados em 17 jogos. O Artsul já faturou o título de campeão do Campeonato Estadual Júnior, em 2007, e o Campeonato Estadual Infantil, em 2006, ambos da Série B.

Últimas de _legado_O Dia na Baixada