Gastronomia: A próxima estação do sushi da cidade de Edo

Pedro Landim fala sobre a culinária oriental na Baixada

Por O Dia

Nos últimos tempos, correntes gastronômicas, como a denominada ‘molecular’, de espumas, fumaças e pirotecnias do gênero, acabaram com talheres e pratos como os conhecemos, como parte da brincadeira de provocar todos os sentidos, a começar pela visão, e causar surpresa e diversão à mesa. Parece até que estamos falando dos sushis, porque a verdade é que os japoneses já faziam isso tudo há mais de um século, usando peixe cru e criando um ritual poderoso que o mundo inteiro adotou. No Brasil, sushi é feito até em churrascaria, tamanha incorporação em nossos hábitos.

Embora as fatias de peixe cru tenham história de muitos séculos no Japão, foi apenas na segunda década do Século 19 que o encontro com o arroz gerou o que é conhecido como o sushi estilo Edo. Inicialmente criado como comida barata e rápida vendida nas ruas de Edo, tinha arroz cozido com vinagre para ajudar na conservação do conjunto, simulando antigas receitas de arroz fermentado.

O leitor conseguiu situar no mapa onde fica a tal cidade de Edo? Estamos falando de Tóquio, a famosa capital, assim chamada em tempos idos. Ou seja, o estilo dos tipos de sushi que estamos acostumados a comer tem a cidade em sua definição, porque lá nasceu. O bonde japonês rodou o mundo, e as pequenas peças enroladas com arroz e alga ganharam infinitas formas e ingredientes, abrindo as portas da criatividade.

O Tepan Yaki de Salmão faz sucesso no pré-verão de 2015Divulgação

Em Nova Iguaçu, na Posse, parou na Estação Tókio, que virou referência e serve sushis e sashimis em promoções saborosas, além de criar sempre novidades para seduzir os clientes. De segunda a quarta-feira, das 11h às 16h, o rodízio custa R$ 32. Nos mesmos dias, custa R$ 49 no jantar, aceitando apenas dinheiro ou cartões de débito.

Com a proximidade do verão, o pessoal parece que está tentando entrar em forma, basta ver sucesso do Tepan Yaki de Salmão, o peixe grelhado na chapa com legumes (R$ 35). O dilema vem na hora da sobremesa, porque o preparo dos sushis inspirou também novidades doces, daquelas a que poucos resistem. Por exemplo, o Hot Nana de Nutella, makimonos enrolados com nutela, banana e ovomaltine (R$ 20 a porção) e o harumaki de morango com nutela, rolinho crocante com calda de chocolate (R$ 7,90).

ESTAÇÃO TÓKIO. Rua Quissamã 21, Posse, tel.: 3101-8555. De segunda a sábado das 11h à meia-noite; domingo das 18h à meia-noite. Cc: Todos.

Últimas de _legado_O Dia na Baixada