Simão Sessim é eleito pela 10ª vez consecutiva deputado federal

Parlamentar é o quarto do país que há mais tempo ocupa uma vaga no Congresso

Por O Dia

Basta abrir as portas da casa onde mora, no Centro de Nilópolis, que os apertos de mão e os abraços não param. Também pudera. Simão Sessim (PP) conquistou nas eleições de domingo passado o 10º mandato consecutivo na Câmara dos Deputados, recorde no Estado do Rio. No país, ele é o quarto que há mais tempo ocupa uma vaga no Legislativo. São 35 anos dedicados ao Congresso.

Com 78 anos e disposição de garoto, Sessim — formado em Matemática e Direito — teve 58.825 votos, sendo 32.484 deles somente em Nilópolis. Católico e devoto de Nossa Senhora de Conceição, o político foi eleito prefeito de Nilópolis em 1972 pela extinta Arena e nessa legenda chegou ao primeiro mandato em Brasília em 1979.

Atualmente, ocupa a vaga de segundo secretário da Câmara e já presidiu sessões importantes, como a que aprovou o Plano Nacional da Educação, que obriga o governo a destinar 10% do Produto Interno Bruto para a Educação.

O político foi eleito prefeito de Nilópolis em 1972 pela extinta Arena e nessa legenda chegou ao primeiro mandato em Brasília em 1979.Cacau Fernandes / Agência O Dia

Autor do projeto de lei que retomou as construções de escolas técnicas no país, para o 10º mandato, Sessim já tem um projeto em mente: “O gestor público que no final do mandato não apresentar melhora nos indicadores sociais como o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e o Índice de Desenvolvimento de Educação Básica ficará impedido de se candidatar novamente”, sugere.

Além de Sessim, a Baixada elegeu mais oito deputados federais: dois de Nova Iguaçu, três de Duque de Caxias, dois de São João de Meriti e um de Itaguaí.

Na bancada da Assembleia Legislativa, foram 14 eleitos: três de Belford Roxo, dois de Nova Iguaçu, dois de Duque de Caxias, dois de São João de Meriti, uma de Mesquita, um de Queimados, um de Paracambi, um de Nilópolis e um de Magé.

O número de representantes eleitos da Baixada para a Câmara dos Deputados subiu para nove, um a mais que em 2010. Já a bancada da região na Assembleia Legislativa aumentou 55 %, de nove para 14 deputados estaduais.

BANCADA COM NOVE FEDERAIS E 14 ESTADUAIS

DEPUTADOS FEDERAIS

Felipe Bornier (PSD)
Votos: 105.517 (Nova Iguaçu)

Washington Reis (PMDB)
Votos: 103.190 (Caxias)


Rosângela Gomes (PRB)
Votos: 101.686(Nova Iguaçu)

Dr. João (PR)

Votos: 65.624 (Meriti)

Simão Sessim (PP)
Votos: 58.825 (Nilópolis)

Celso Pansera (PMDB)
Votos: 58.534(Caxias)


Aureo (SD)
Votos: .58.117 (Caxias)

Marcelo Matos (PDT)
Votos: 47.370 (Meriti)


Alexandre Valle (PRP)
Votos: 26.526 (Itaguaí)

DEPUTADOS. ESTADUAIS

Daniele Guerreiro (PMDB)
Votos: 55.821 (Mesquita)

Waguinho (PMDB)
Votos: 53.835 (Belford Roxo)


Dr. Deodaldo (PTN)
Votos: 48.496 (Belford Roxo)

Rosenverg Reis (PMDB)
Votos: 43.045 ( Caxias)

Luiz Martins (PDT)
Votos 39.309(N. Iguaçu)


Farid Abrão (PTB)
Votos: 38.342 (Nilópolis)

Iranildo Campos (PSD)
Votos: 36.914 (Meriti)

Marcelo Canella (PSL)
Votos: 34.495 (Belford Roxo)

Rogério Lisboa (PR)
Votos: 34.030 (Nova Iguaçu)

Zito (PP)
Votos: 24.491 (Caxias)

Renato Cozzolino (PR)
Votos: 26.697 (Magé )

André Ceciliano (PT)
Votos: 31.207 (Paracambi) 

Zaqueu Teixeira (PT)
Votos: 30.304 (Queimados)


Marcos Miller (PHS)
Votos: 12.929 (Meriti)

Últimas de _legado_O Dia na Baixada