Ano novo, problemas velhos para servidores de São João de Meriti

Só funcionários da Educação receberam no município. Já Mesquita pagou os salários com atraso

Por O Dia

O ano pode até ser novo, mas o problema é antigo para servidores públicos de São João de Meriti e de Mesquita. Os prefeitos Sandro Matos e Gelsinho Guerreiro estão com dificuldade para pagar os vencimentos e ninguém sabe quando o dinheiro será depositado na conta. Em Meriti, somente a Educação está em dia. Já em Mesquita, os concursados e comissionados até receberam, porém com atrasos.

Os servidores cooperativados do Posto de Saúde de Santo Elias, que preferiram não se identificar, disseram que a Prefeitura de Mesquita não paga os vencimentos deles há dois meses e que também não acertou ainda o 13º salário.

Profissionais da Educação invadiram o gabinete do prefeito Sandro Matos na segunda. Na terça%2C salário foi pago divulgação

Em Meriti teve protesto esta semana. Na segunda, profissionais da Educação invadiram o gabinete do prefeito Sandro Matos para cobrar o 13º. A pressão surtiu efeito e o pagamento foi efetuado na tarde de terça-feira. Porém, os demais servidores seguem sem sem receber os salários de setembro e o 13º, que o prefeito prometeu em entrevista exclusiva ao ‘O DIA Baixada’, dia 13 de dezembro, fazer um esforço para pagar até o dia 20. A situação dos aposentados é ainda pior, dois meses de atraso e também não receberam o 13º.

A Prefeitura de Mesquita informou que o 13º salário foi pago aos servidores efetivos e comissionados. Segundo a nota, os cooperativados receberão os vencimentos em atraso até o fim deste mês. De acordo com a prefeitura, a demora foi provocada pela diminuição dos repasses dos governos federal e estadual.

Já a Prefeitura de Meriti informou que o pagamento do 13º aos demais servidores será feito até 31 de janeiro. Sobre os vencimentos de setembro, a prefeitura disse que serão parcelados em quatro vezes. Os primeiros 25% serão pagos até dia 31 e as demais parcelas até o fim de fevereiro, março e abril, respectivamente. Já para os aposentados, a prefeitura afirmou que “está fazendo um planejamento para o calendário de pagamentos referentes aos meses de outubro, novembro e 13º salário”, mas não explicou exatamente quando será.

Últimas de _legado_O Dia na Baixada